Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Mais um acidente mortal com um autocarro: três mortos e 17 feridos na A2

  • 333

LUÍS FORRA / Lusa

Depois do acidente de quarta-feira no Algarve que fez quatro mortos e 30 feridos, há mais um caso grave nas estradas portuguesas a envolver um autocarro. Pertence à Renex, seguia com 20 pessoas a bordo, despistou-se e tombou

Um autocarro da Renex que saiu de Lagos esta sexta-feira de tarde despistou-se na A2 junto a Almodôvar. Do acidente resultaram três vítimas mortais: trata-se de duas mulheres e um homem, apurou o Expresso.

Há nove feridos graves e oito ligeiros, um deles paquistanês, precisou o comando territorial da GNR de Beja ao Expresso num balanço feito às 00h25 deste sábado. O condutor é um dos feridos e "vai estar em observação nas próximas 24 horas no Hospital de Beja".

Cinco feridos foram transferidos para o Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém. Os restantes feridos encaminhados para os hospitais de Beja e Faro e o feridos leves para as unidades de saúde de Castro Verde e Albufeira.

O autocarro da Renex terá partido de Lagos com destino a Lisboa pelas 16h10 e o alerta do acidente foi dado por volta das 17h40 - ocorreu ao quilómetro 193, no sentido sul-norte, entre a saída para Gomes Aires e Almodôvar. No interior do autocarro seguiam 20 pessoas, segundo o posto de trânsito da GNR de Ourique.

Para o local foram mobilizados 80 operacionais (bombeiros, INEM e brigada de trânsito da GNR), apoiados por 26 viaturas e um helicóptero do INEM. As equipas de socorro montaram um hospital de campanha no local.

Não são conhecidas ainda as causas deste acidente. Contactados pelo Expresso, os balcões da empresa em Lisboa, Vale Paraíso e Porto não tinham nada a acrescentar ao que foi divulgado nas notícias. O diretor-geral Albino Gomes está em viagem, não estando disponível para ser contactado, disse ao Expresso um dos funcionários dos referidos balcões. 

Este é o segundo acidente com um autocarro operado pela Renex em menos de dois meses. No passado dia 30 de abril, a Renex protagonizou outro acidente, com oito feridos e um morto no Algarve. Um autocarro da empresa Frota Azul ao serviço da Renex despistou-se na altura na EN 125 entre a rotunda da Guia e o parque temático Zoomarine, em Albufeira, e embateu violentamente numa casa, que ficou destruída. O condutor do autocarro morreu.

Na quarta-feira, um outro autocarro da Frota Azul despistou-se e provocou a morte a quatro passageiros e 30 ficaram feridos.

O trânsito, que esteve cortado nos dois sentidos, só  reabriu às 00h05, informou a Proteção Civil.