Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Um portal para ajudar os jovens a escolher a profissão

  • 333

Marcos Borga

Cem profissionais de referência nas suas áreas de atividade explicam em pequenos vídeos o que fazem no seu dia a dia e como escolheram as suas carreiras. O portal chama-se Design the Future e já está acessível na internet 

Como é que José Avillez, premiado com duas estrelas Michelin, chegou a chefe? O que faz uma fadista como Cuca Roseta quando não está em cima de um palco? E como é que Marcelo Rebelo Sousa, professor universitário e comentador político, prepara as suas aulas de Direito na Universidade de Lisboa? 

Em vídeos de cerca de cinco minutos, 100 profissionais de referência nas suas áreas de atividade explicam o seu percurso profissional e o seu dia a dia. Tudo com o objetivo de ajudar os jovens mais indecisos a fazer as suas escolhas.  

A plataforma "Design the Future" resulta de uma parceria entre a Fundação Vodafone e a Associação Beter Future e ficou disponível esta terça-feira

O projeto surge numa altura em que dezenas de milhares estudantes estão à beira de completar o ensino secundário. Para muitos trata-se agora de fazer contas às médias e escolher um curso superior, outros quererão uma via mais profissionalizante. Para todos eles, as opções são muitas.

Além dos testemunhos, a plataforma compila dados sobre os cursos profissionais, superiores e de especialização relacionados com as várias áreas profissionais apresentadas. É possível pesquisar por áreas, profissões e especialidades. 

A lista de profissões é extensa e variada. Há depoimentos de médicos, um treinador de guarda-redes, um perito em balística da polícia científica, uma deputada, um tenista, um arquiteto, um líder de viagens de autor. 

Quanto aos cursos, estão listados mais de 3300, desde profissionais, a licenciaturas, mestrados, pós-graduações e especializações, de mais de 1200 instituições de todo o país. "O Design the Future pretende transformar a forma como os jovens procuram informação sobre o sue futuro profissional", explicam os promotores.