Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ministério Público vai pedir provas de viciação no Benfica-Penafiel

  • 333

FOTO MIGUEL A. LOPES

PGR admite abrir uma investigação às denúncias da Federbet e diz que vai pedir todos os elementos de prova "que considerar relevantes"

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

O Ministério Público vai investigar as suspeitas de viciação no Benfica - Penafiel do último campeonato? A resposta oficial parece mostrar que sim: "O MP encontra-se a acompanhar a situação, nomeadamente as notícias vindas a público, com vista a poderar os procedimentos que se mostrem adequados." A resposta do Gabinete de Imprensa da PGR enviada ao Expresso garante ainda que "não deixará de solicitar todos os elementos que considerar relevantes". Leia-se: o relatório da federbet que "teve a impressão que se passava algo de errado" com as apostas ao vivo do jogo que terminou com uma vitória fácil do Benfica por 4-0. Uma fonte oficial da PJ diz que ainda chegou qualquer informação àquela polícia, que investiga este tipo de crimes. 

O jogo disputou-se a 9 de maio, mas só hoje a federbet, um organismo que vigia as apostas online, apresentou um relatório no Parlamento Europeu em que relata algumas irregularidades, entre as quais "um movimento louco e pouco lógico de apostas" no jogo entre o Benfica e o Penafiel. 

Em declarações à Agência Lusa, o secretário.geral da federbet, Francesco Baranca, explicou que um resultado viciado não significa que todos os intervenientes tivessem conhecimento do resultado combinado e garantiu que "o Benfica provavelmente até foi vítima". O Penafiel, que desceu de divisão depois desse jogo, já ameaçou processar a Federbet. 

  • Volta a suspeita de jogos viciados em Portugal

    Organismo que vigia as apostas online suspeita de resultados viciados no futebol português, incluindo no último Benfica-Penafiel. Federbet diz que a Liga, liderada por Luís Duque, pode não ter conhecimento suficiente para resolver o problema. Penafiel nega 

  • Benfica-Penafiel sob suspeita de resultado viciado

    Organismo que vigia as apostas online apresentou esta terça-feira no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o relatório anual de 2015 sobre "jogos viciados". E aponta que Portugal é um dos países onde o fenómeno mais cresceu na última temporada, sobretudo na II Liga de futebol