Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PSP chegou a reforçar segurança em escolas da Figueira devido ao vídeo das agressões

  • 333

Imagens já foram visualizadas por mais de dois milhões de pessoas e suscitou insultos e comentários de repúdio.

Os agressores identificados no vídeo de 13 minutos em que um rapaz é agredido continuamente foram alvo de ameaças no Facebook, levando-os a apagar as suas páginas naquela rede social. 

Devido às ameaças, e durante a manhã de quarta-feira, a PSP chegou a reforçar a segurança junto a estabelecimentos de ensino da Figueira da Foz, para prevenir eventuais problemas. 

O vídeo que mostra duas adolescentes a agredirem um rapaz numa rua da Figueira da Foz durante cerca de 13 minutos, no verão de 2014, perante a passividade de outros jovens, já foi visualizado por mais de dois milhões de pessoas e suscitou centenas de insultos e comentários de repúdio.

Esta quinta-feira, pelo menos um pai de um jovem identificado no Facebook como participante no vídeo deslocou-se à PSP para negar o envolvimento do filho e apresentar uma queixa, devido ao adolescente ter sido alvo de ameaças.