Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

TAP continua a realizar 70% dos voos

  • 333

José Coelho / Lusa

No balanço oficial da companhia aérea para este sábado, a TAP revela que foram realizados 145 voos dos 221 previstos até às 12h30. 

Ao nono dia de paralisação dos pilotos da TAP, a companhia aérea portuguesa conseguiu concretizar 145 voos dos 221 previstos para o dia de hoje, até às 12h30. Já 76 foram cancelados.  

A informação é avançada pela porta-voz da empresa, Lúcia Cavaleiro, que sublinha que "sábado é um dia com maior movimento" e que está a decorrer "dentro da normalidade", apesar da greve. "Isto significa que este é um dia absolutamente normal", afirma a mesma fonte. "Estamos numa situação de irregularidade, mas há muitos voos a partir".  

Já em relação aos passageiros que não conseguem voar devido à greve, a TAP assegura que está "à procura de uma solução", que passa pelo "reecaminhamento dos passageiros para outros voos da empresa, mais tarde ou no dia seguinte" e que envolve, obviamente, custos para a empresa (deslocação, estadia, alimentação, etc.). 

Também mais a norte, no aeroporto Sá Carneiro, no Porto, a SIC avança que a manhã foi "tranquila" e "nada semelhante aos outros dias de greve", realçando que tripulações da empresa vieram de Lisboa para o Porto para reforçar as equipas.  

O balanço até às 12h30 aponta para 18 voos cancelados (oito partidas e dez chegadas) e dois voos que chegaram ao aeroporto Sá Carneiro. Do Porto para o aeroporto de Lisboa já partiram dois autocarros, esta manhã, tendo sido esta a solução apresentada pela companhia para levar alguns passageiros que não conseguiram voo aos seus destinos finais.