Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Personalidade forte que vai fazer falta

  • 333

A presidente do Sindicato dos Jornalistas lembrou o estilo provocador de Oscar Mascarenhas, sublinhando que tal característica "tornava-o numa personalidade que vai fazer falta".

A presidente do Sindicato dos Jornalistas destacou hoje a "forte personalidade" do jornalista Oscar Mascarenhas, que morreu esta quarta-feira de manhã, vítima de ataque cardíaco, sublinhando que irá "fazer falta o espírito crítico" ao jornalismo português.

Em declarações à agência Lusa, Sofia Branco disse ter sido "com surpresa" que recebeu a notícia da morte de Oscar Mascarenhas, adiantando que, na terça-feira, estiveram a trocar emails para uma posição conjunta entre a direção do Sindicato dos Jornalistas e o Conselho Deontológico sobre a lei da cobertura das eleições.

"O Oscar participou imenso e contribuiu muito para o texto que hoje [quarta-feira] vai ser publicado, como era aliás da sua natureza. Participava imenso nas coisas em que se metia, de uma forma muito vincada, tinha um feitio muito particular, uma personalidade muito forte, não deixava de lado as suas ideias por nada, batia-se por elas até ao fim", destacou Sofia Branco.

A presidente do Sindicato lembrou ainda que, apesar de não partilhar das mesmas ideias e opiniões de Oscar Mascarenhas, gostava da forma como este encarava o jornalismo e considerou que vai fazer falta alguém com "aquele tipo de espirito, numa altura em que é tudo muito mais neutro, muito mais do mesmo".

"Acho que era uma pessoa que gostava muito de discussão e isso é interessante nos dias de hoje, porque se discute muito pouco, e provocava, e isso também é preciso e faz falta", frisou.

Sofia Branco lembrou ainda que o estilo provocador de Oscar Mascarenhas, sublinhando que tal característica "tornava-o numa personalidade que vai fazer falta".

"Era muito crítico do jornalismo que se faz. Aliás, como provedor [do leitor, do "Diário de Notícias"], são conhecidos vários textos que geraram alguma polémica, mas acho que é interessante, concordando ou não com ele", considerou.

  • Morreu Oscar Mascarenhas

    Antigo presidente do Conselho Deontológico dos Sindicato dos Jornalistas era professor na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Tinha 65 anos.