Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Greve da TAP. Ambiente de normalidade no aeroporto de Lisboa

  • 333

Esta manhã, apesar da greve de pilotos da companhia aérea nacional, a situação no aeroporto da capital era de aparente normalidade.

A greve dos pilotos da TAP avançou mesmo, mas nem todos os profissionais aderiram ao protesto nas primeiras horas, o que permitiu à companhia assegurar parte da operação, vivendo-se um ambiente de quase normalidade no aeroporto de Lisboa.   

Nas primeiras horas da manhã, altura em que se avolumam grande parte das partidas, as filas para o 'check in' da TAP seguiam o seu rumo e, no apoio ao cliente, a fila não chegava a juntar mais de uma dezena de pessoas à procura de respostas para os voos que tinham sido cancelados.

Ana Gomes foi um dos passageiros que hoje ficou em terra devido à greve convocada pelo Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC), vendo-se obrigada a adiar os planos de um fim de semana prolongado, em Bruxelas.

O voo da TAP para Bruxelas partia às 7:05 e só cinco minutos antes - já na respetiva porta de embarque - foi informada de que o voo não se iria realizar, sendo-lhe dada a alternativa de voar a meio da tarde, num voo incluído nos serviços mínimos, preferindo no entanto ser reembolsada.

"Em vez de chegar a Bruxelas ainda de manhã, chegaria só ao final da tarde. O primeiro dia está perdido. E depois, na segunda-feira, o problema do regresso voltava a colocar-se", disse à Lusa Ana Gomes, antes de deixar o aeroporto de Lisboa, pelas 09:00. 

Mariana Sastre também passou pelo apoio ao cliente da TAP, depois de ter visto o voo de regresso a Madrid cancelado, de onde saiu com um bilhete para voltar a casa na companhia espanhola Iberia, onde chegará "quatro horas depois do previsto".    

Ainda sem solução estava Johan Viegás e os dois amigos, que tentavam, sem sucesso, o número de apoio ao cliente.

"Chegámos de Nice, com viagem para o Funchal, e disseram que o voo foi cancelado e só me deram este cartão, com um número de telefone, mas estou farto de ligar e não atendem", contou à Lusa o jovem turista. 

Os voos da TAP que se estão a efetuar partem, em geral, com atraso.