Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Cancelados 38 de 156 voos programados até às 12h00

  • 333

Miguel A. Lopes/Lusa

Carina Correia, porta-voz da Transportadora Aérea Portuguesa, agradeceu aos pilotos que foram trabalhar esta sexta-feira e pediu desculpa aos passageiros pelas perturbações causadas pela paralisação. Às 17h00, A TAP fará uma nova atualização da operação no primeiro dia de greve.

 A TAP cancelou 38 dos 156 voos programados até às 12h00, na sequência da greve dos pilotos, anunciou esta sexta-feira a porta-voz da companhia aérea, escusando-se a comentar a adesão ao protesto. 

Segundo Carina Correia, porta-voz da Transportadora Aérea Portuguesa, foram realizados 118 voos, número que abrange os serviços mínimos e os regressos a Portugal - também incluídos nos serviços mínimos.

"Queremos agradecer aos pilotos que hoje vieram trabalhar", declarou, num balanço da greve efetuado no aeroporto de Lisboa às 13h00. A porta-voz da TAP deixou ainda "um pedido de desculpas aos passageiros" pelas perturbações causadas pela paralisação, aconselhando que se informem junto da página da Internet da companhia aérea ou através do centro de atendimento. 

Os pilotos da TAP iniciaram à meia-noite uma greve de dez dias, por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em dezembro de 2014, nem um outro, estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação no capital da empresa no âmbito da privatização. A TAP fará uma nova atualização da operação no primeiro dia de greve às 17h00.