Anterior
Autoestradas nacionais perdem 14% de tráfego
Seguinte
43% de negativas na prova de aferição de Matemática
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Síria está a usar crianças como escudos humanos

Síria está a usar crianças como escudos humanos

Os conflitos na Síria estão a agravar-se e a aumentar os confrontos pelo controlo das duas maiores cidades. 
|
Síria está a usar crianças como escudos humanos

O exército sírio tem torturado e usado crianças como escudos humanos nos seus tanques, indica um relatório das Nações Unidas.

A ONU colocou, pela primeira vez, as forças governamentais sírias e a milícia shabiha numa lista de 52 Governos e grupos armados que recrutam, matam ou atacam sexualmente crianças em conflitos armados.

O documento indica ainda que a organização recebeu relatórios que dão conta de "graves violações" contra crianças na Síria desde março do ano passado, quando se iniciaram os protestos contra o Governo, e que crianças com, pelo menos, nove anos de idade, foram vítimas de assassinatos, tortura e violência sexual.

A enviada especial da ONU, Radhika Coomaraswamy, indicou à BBC que regressou da Síria com dados terríveis e que nunca tinha visto uma situação semelhante, em que as crianças não só não são poupadas como muitas vezes são mesmo transformadas em alvos.

Muitos antigos soldados relataram as mortes e estropiamentos de crianças em áreas civis, havendo também testemunhos de crianças torturadas e colocadas em tanques para evitar os ataques de forças da oposição ao regime.

"Nós estamos profundamente chocados. A morte e o estropiamento de crianças no fogo-cruzado é algo com que nos deparamos em muitos conflitos, mas estas torturas de crianças detidas, algumas das quais com apenas 10 anos, é algo de invulgar, que não vê-mos noutros locais", referiu Coomaraswamy.

Confrontos pelo controlo de Damasco e Aleppo


A enviada especial da ONU criticou também o Exército de Libertação da Síria por colocar crianças em situação de perigo. Embora tenha clara supremacia militar, o regime sírio está a ter crescente dificuldade em controlar a situação no país.

Os confrontos pelo controlo de Damasco e Aleppo, as duas maiores cidades sírias, estão a aumentar, assim como as manifestações pacíficas de contestação ao regime, indicou à CNN Peter Harling, do Grupo de Crise Internacional.

Os preços dos bens elementares e dos combustíveis, face às sanções internacionais, têm atingido preços astronómicos e a CNN refere que em Damasco comerciantes têm mantido as portas fechadas desde há duas semanas, em protesto pelo massacre de populações civis.


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados
Barbárie
Não pondo em causa que é uma situação onde as partes se comportam como bárbaros, desconfio destes relatórios é que quem os ler dá a impressão que os homens do regime, militares ou outros, são ums demónios em figura de gente e os do Conselho Nacional Sirio, julgo que é assim a designação desta "pia" organização, são uns anjinhos com asas e tudo de bom. A comunidade internacional devia deixar de interferir neste e noutros países com a lógica de haver ou não petróleo, deveria respeitar a soberania dos países e muitas chacinas se evitariam.
Um crime inqualificável!
Se a guerra é sempre injusta e os caminhos para chegar até ela condenáveis, já a utilização de crianças nos campos de batalha é um crime inqualificável.
Um crime a envergonhar a Humanidade e todos aqueles que ocupando o poder politico o fazem traindo o Povo,sugando o seu sangue e amordaçando os superiores direitos da Juventude.
Re: Síria está a usar crianças como escudos humano
Infelizmente, há poucas esperanças para os islamitas que ignoraram Cristo!
Já El-Rei D. Afonso Henriques os combatia por contrários a Deus Nosso Senhor, e queixava-se até que isso lhe dava grande fadiga. Mas combatia-os!
Grandes Reis nós tivemos! E que vergonha devíamos sentir dos corruptos de que nos rodeámos!!!
Que não respeitam nem El-Rei nem Deus Nosso Senhor!!
???????
Syrian rebels tried to get reporter killed in anti-Assad propaganda bid
www.rt.com/news/syria-journalist-rebel-trap-436/
.
Obama vetoed Assad assassination attempt
rt.com/usa/news/obama-assassination-assad-syria-641/
.
World at risk as Syrian chemical stockpile faces plunder
www.rt.com/news/syria-chemical-weapons-threat-816/
Chegou o tempo da colheita.
A Siria a revelar-se ao mundo,o que se vê e o pouco que se sabe que esta a fazer ao seu povo é um pouco do veneno que tem espalhado pelos seus vizinhos usando os mesmos metodos no combate que fazem fazendo crer que o mau é Israel.
Mas como o que se semeia é o que se colhe,chegou o tempo da colheita na Siria.
Comentários 5 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub