Anterior
Facebook consegue ser pior do que a CIA
Seguinte
Tecnologia low-cost: cadeira de rodas transformer
Página Inicial   >  Blogues  >  Blogues Educação e Ciência  >  Falar Global  >   Shale gás: Portugal tem reservas da energia que faz tremer o uso do petróleo

Shale gás: Portugal tem reservas da energia que faz tremer o uso do petróleo

|



Os avanços tecnológicos permitiram ultrapassar uma série de barreiras que impediam a extração de um tipo de gás, não convencional, cuja formação ocorre em argilas betuminosas.

O shale gás encontra-se a grandes profundidades, entre os seiscentos e os três mil metros. As formações deste gás prolongam-se por vários quilómetros de extensão e a única forma de acompanhar essas camadas de subsolo é através da perfuração horizontal, uma técnica que é complementada pela fraturação hidráulica que consiste na "estimulação do reservatório através da injeção de água a grande pressão, químicos e areia para criar porosidade e impermeabilidade artificialmente", explica Diogo Rosa do Laboratório Nacional de Energia e Geologia.

Presente no Bombarral, Cadaval e Alenquer


Os Estados Unidos da América são o maior produtor mundial de shale gás. As estimativas indicam que as reservas deste gás na América do Norte têm capacidade para abastecer os EUA nos próximos 45 anos.Os olhos viram-se agora para Europa e Portugal faz parte da lista de países com formação de shale gás. De acordo com os estudos realizados em território nacional, "a formação da Brenha será a formação com mais interesse para o shale gás, portanto, esta formação está presente nos conselhos de Bombarral, Cadaval, Alenquer, logo, aí será o local onde poderá haver mais potencial", acrescenta Diogo Rosa.

O shale gás é um recurso não convencional que está entre 600 a três mil metros de profundidade

Vantagens da exploração de shale gás


Em termos de consumo o shale gás é um recurso mais barato e menos poluente, ainda assim, para os especialistas a exploração deste gás levanta questões quanto às consequências para o meio ambiente, nomeadamente para contaminação das reservas de água potável existentes nos lençóis freáticos.

Na Europa este mercado está a crescer e para além de Portugal há registo de potenciais reservas na Eslováquia, Ucrânia e França. A Polónia e a Alemanha já iniciaram alguns projetos de exploração.


Veja na SIC Notícias:

O Falar Global tem o patrocínio de:


Opinião


Multimédia

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.


Comentários 70 Comentar
ordenar por:
mais votados
O ouro do Brasil
Sempre tivemos estas dádivas. Primeiro o ouro do Brasil, depois a CEE, há de ser o petróleo ou gás ou o Shale gaz. Ou seja, quando arregaçamos as mangas para finalmente começarmos a trabalhar e organizar isto, lá vem a dádiva e voltamos ao mesmo até se esgotar e voltarmos a ser pobres...
Não tenho dúvidas que mais cedo ou mais tarde se vai explorar algo nas nossas costas. É só o custo compensar.
Quanto aos impactos que tenho visto nos comentários, é preciso escolher.
Como dizem os franceses, não podemos querer a manteiga e o dinheiro da manteiga. Não podemos querer riqueza e desenvolvimento económico sem impacto no meio ambiente. Para isso, fazemos como os mongois e vamos andar todos de cavalo e dormir ao relento ou em tendas no Alentejo.
Não se pode querer energia barata sem impacto. A única energia barata e que até à data tem trazido menos acidentes para o meio ambiente, apesar do que dizem os ecologistas, tem sido a energia nuclear. As barragens são insuficientes e causam impacto geográfico e nas chuvas; só em derrames de crude tem sido um ver se-te-avias; o carvão é muito poluidor e o gás natural, como combustível de queima, emite CO2. Além disso, é importado.
Re: O ouro do Brasil
O ouro do Brasil
Re: O ouro do Brasil
Re: O ouro do Brasil
:)
Re: O ouro do Brasil
Re: O ouro do Brasil
Re: O ouro do Brasil
Gás do xisto
A notícia é interessante mas ficava bem melhor se a designação do gás em causa foi feita na língua portuguesa.
Shale Portugal tem reservas de energia
Finalmente Nossa Senhora de Fátima ouviu as nossas preces. Já não era sem tempo, pois os portugueses não cometeram um pecado tão grave para tão grande castigo de terem de aturar por muito tempo este governo. Afinal 500 anos depois descobrimos o ouro e as especiarias que havia dentro de nós. Já não é preciso exportar os pitos assados e os pastéis do Álvaro.

http://www.youtube.com/wa...

http://www.jn.pt/PaginaIn...
Gasland
Que a extracção deste gás nunca chegue a Portugal. Sob pena de ficarmos com um Portugal contaminado.

http://www.imdb.com/title...

http://www.youtube.com/wa...
Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
?
Re: Gasland foi desmontado repetidamente!
Re: Gasland
Aparências
Este tipo de extração só vai trazer problemas ao país e ao invês de ajudar na economia vai destruir o que melhor temos, paisagens,qualidade do ar e a água que bebemos. não á extração
Re: Aparências
:)
Re: Aparências
Para variar não vai ser explorado por portugueses.
Depois pagamos facturas astronómicas e não ganhamos nada... é o costume!
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Desengane-se que a tabuada e" inútil
Re: Para variar não vai ser explorado por portugue
Até que enfim!
Até que enfim que o véu se está a levantar! Espero que haja muito gás, e em grandes quantidades! Nos EUA isto é uma revolução! O Expresso já o tinha referido em 2011:

http://ecotretas.blogspot...

Quanto aos perigos, são uma invenção. Nos EUA até já se brinca com aqueles que andam a criar entropia: http://ecotretas.blogspot...

Com um bocado de sorte, este gás será a solução para nos livrarmos das nossas dívidas...
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Re: Até que enfim!
Que estupidez
...de notícia.
O que faz tremer o uso do petróleo e inclusivê do gás, ou seja, dos hidrocarbonetos, é a tecnologia criada, testada e comprovada por Tesla, em 1891.
Re: Que estupidez
Re: Que estupidez
Re: Que estupidez
Re: Que estupidez
Re: Que estupidez
Re: Que estupidez
porreiro
Provavelmente a troika já o está a negociar.
Portugal antes de tudo
Se o povo Portugues quizer que este recurso seja bem usado, tera que pensar como conjunto e cobrar um plano e acompanhar o seu desenvolvimento.
Se isto se confirmar, havera muitos empregos, inclusive os que se relacinam com o cuidar da Natureza e do Meio Ambiente.
Antonio.
Tecnologias
Há muito que se sabia disto. Porém, agora que estamos mais avançados será possível usá-lo. Por outro lado temos os chineses conosco. Assim o "shale gas" será em português "cheila a gas".
Xeila gás
Shale: xisto, argila xistosa.
Só asneiras caro Nolasco
Desde quando e' que o "Shale Gas" faz tremer o uso do petróleo? São 2 hidrocarbonetos com mercados primários distintos.

Se lá tivesse metido "Shale gás" PODE vir a fazer tremer o roubo que a EDP e os "amigalhaços" Franceses e Espanhóis fazem ao povo Português...
Há que sacar!
Os políticos mais jovens, já devem estar as esfregar as mãos de contentes. Vem aí uma nova galinha de ovos d'ouro!
infelizmente
Infelizmente, embora a Bacia Lusitana á primeira análise tenha as caracteristicas base para a existencia de gás de xisto, a verdade é que faltam-lhe algumas das caracteristicas fundamentais para que se consiga a sua extracção, nomeadamente a quantidade e tipo de argila associada. Assim teremos de explorar outras alternativas com grande pena para o País pois esta é uma das energias mais baratas e menos poluentes que existem no Universo.
Re: infelizmente
Comentários 70 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub