6
Anterior
Criticar líderes passa a ser infracção grave
Seguinte
O camarada Estaline foi a Mafra
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Congresso do PSD  >   Sete notas do Congresso

Sete notas do Congresso

Oiça o comentário de Martim Silva, editor de Política do Expresso, sobre o Congresso do PSD. Clique para visitar o dossiê Congresso do PSD
|
Clique para aceder ao índice do Congresso do PSD


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 6 Comentar
ordenar por:
mais votados
Sete notas do Congresso
Afinal não era assim tão despropositada a suspensão da Democracia por seis meses, porque pelo andar da carruagem acaba de ser suspensa por tempo indeterminado. É caso para perguntar se o burro sou eu. Afinal onde está a moral de acusarem os outros da asfixia. Onde está a moral de acusarem que o Estado de direito podia estar em causa no caso da compra da PT pela TVI. Depois não querem que digam que há quem queira voltar aos tempos de Salazar no partido. Afinal onde está a moral para a continuação da Comissão de Inquerito na Assembleia se há falta de Liberdade em Portugal. Pelo que estou a ver há, mas é no PSD. Se fosse militante de tal partido eu seria um dos que rasgava o cartão, porque é vergonhoso para tal partido ter a ousadia de pensar em tal assunto quanto mais votá-lo e implementá-lo. Se bem me parece é inédito e nem o PC se atreverá a tal conduta. Mais um tiro no pé e mais um assunto de gozo para os adversários. Andam mesmo à deriva e já não fazem nem dizem coisa com coisa. Sá Carneiro se fosse vivo morria de vergonha. Imagino a vergonha que está a passar o seu fundador Pinto Balsemão. Não nos podemos esquecer que quando foi Primeiro Ministro o Expresso era o jornal que mais mal dizia dele e não me parece que alguma vez o tenha mandado calar. Este partido nasceu para defender a Democracia e a Liberdade. Tenham vergonha, porque com tais atitudes estão a lixar o partido e o País.
PSD foi para o século XIX!
E veio isto de uma proposta do birrento Santana Lopes?

O bebé na incubadora andou por aí e não cresceu! Não consegue ser adulto e aceitar opiniões contrárias, está visto!

Uma coisa é a disciplina no partido.
Outra, é o delito de opinião.
Estávamos todos convencidos que isso não existia, mas parece que a Drª F.Leite tinha razão : há asfixia democrática em Portugal.

Os psicólogos também têm razão: os piores ditadores são pessoas que não tiveram infância. É o caso do bebé que deixaram a andar por aí...
Congresso para "dar voz aos militantes" ???


"Santana Lopes lançou este Congresso para "dar voz aos militantes" e assim será."

Será???
*******

*************************************************
Declaração Universal dos Direitos do Homem

ARTIGO 19.º
*************************************************
Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão.
*************************************************
Re: Congresso para
O ESPELHO
Espelho meu, espelho meu diz-me o que penso no fundo do meu coração?

E o espelho respondeu à Dona Manuela:
Manuela, Manuela tu és o máximo! Tu que tens falado na claustrofobia democrática até à exaustão, afinal estavas em processo de catarsis!

Espelho meu, espelho meu, explica lá isso melhor.

Oh Manuela quando uma pessoa tem uma ideia fixa, normalmente isso deriva de um recalcamento!

Espelho meu, espelho meu, troca lá isso por miúdos.

Manuela escuta bem: o que tu tens andado a matraquilhar era o que tu mais desejavas, e por isso aplaudiste entusiásticamente a LEI DA ROLHA no teu partido.

Espelho meu, agora entendo que quando uma pessoa faz um ataque moral descabelado, está a falar para si mesma, não é?

Exatamente. Tu andaste a falar para ti e a atacar os outros, mas a verdade vem ao de cima e agora conseguiste que o teu Psd ficasse claustrofóbico.

Espelho meu, já falta pouco para ir para casa cuidar do nétinho, não é? Envia por mim um pedido de desculpas a todos os democratas mas é que lá no fundo eu não queria só dois meses de rolha, queria era seis meses. Adeus até ao meu regresso.
Chiuuu!!!
Olhem que "eles andam por aí"!!!...
Comentários 6 Comentar

Últimas


Pub