Anterior
Desorientação espanhola: o insólito da posição conjunta que... não houve
Seguinte
Alemanha coloca dívida de longo prazo com juros em mínimo histórico
Página Inicial   >  Economia  >  Dívida  >  Samaras: "Os alemães ou são estúpidos ou querem que falhemos"

Samaras: "Os alemães ou são estúpidos ou querem que falhemos"

Foram palavras duras do primeiro-ministro grego numa reunião com deputados do partido Nova Democracia que lidera a coligação do Governo. A Reuters fala da possibilidade de uma segunda reestruturação de dívida.

|
Samaras com palavras muito fortes
Samaras com palavras muito fortes  / Reuters

"Estamos a fazer tudo o que podemos para assegurar que a Grécia fica de pé. E eles [os alemães] fazem tudo o que têm ao seu alcance para garantirem que falhemos. Não sei se o fazem conscientemente ou por serem estúpidos", disse ontem Antonis Samaras, o primeiro-ministro grego, numa reunião com deputados do seu partido, a Nova Democracia.

As palavras duras de Samaras seguem-se a um coro de posições alemãs, sobretudo dos liberais - do FDP, o partido minoritário na coligação chefiada por Ângela Merkel -, empurrando a Grécia para fora da zona euro. O jornal alemão "Der Spiegel" ampliou o efeito das palavras de Samaras.

Um falhanço do atual governo de coligação em Atenas empurrará a Grécia para uma nova vaga de turbulência política interna e terá impactos geopolíticos na região. Os analistas gregos falam de que será um passo mais na desagregação da União Europeia e na vulnerabilização das suas periferias estratégicas.

Em virtude deste sentimento negativo na Alemanha e em alguns dos seus mais próximos aliados, como a Áustria, Samaras adiantou aos deputados do seu partido que o governo provavelmente recuará, taticamente, no seu objetivo de uma renegociação rápida dos termos do Memorando de Entendimento que baseia o segundo plano de resgate, segundo adianta o jornal grego "Kathimerini". O que, naturalmente, na frente interna, fará crescer a contestação da oposição, em virtude de uma esmagadora maioria de eleitores se ter pronunciado contra o acordo com a troika nas últimas eleições legislativas antecipadas de junho que deram a vitória à Nova Democracia por menos de duas centenas de milhar de votos.

A Reuters adianta, entretanto, que fontes oficiais europeias alvitram a possibilidade de uma segunda reestruturação da dívida grega, desta vez afetando sobretudo o designado sector oficial, ou seja os credores respresentados pela troika. Depois da reestruturação parcial da dívida grega, envolvendo o designado sector privado (os credores privados da velha dívida grega), realizada em tempo recorde no início deste ano, ter sido considerada uma exceção, à revelia da doutrina oficial da zona euro, a Reuters adianta uma possibilidade que geraria mais outra "exceção" - a de que os credores oficiais não são intocáveis. De exceção em exceção, a troika vai criando um novo quadro de gestão das crises de insolvência na zona euro. O jornal alemão "Dei Zeit" anunciou hoje que desenvolveria este tema na edição de amanhã.

A troika só deverá apresentar o seu relatório regular sobre a situação de cumprimento do segundo Memorando de Entendimento com Atenas em setembro. A Comissão Europeia estaria a estudar "soluções de liquidez" temporárias para evitar que a Grécia entre em bancarrota a 20 de agosto.


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 108 Comentar
ordenar por:
mais votados
Os gregos..grandes malucos...
Pelo que entendi a Grécia governada durante os últimos 40 anos por dois blocos de familias " poderosas" levaram a casa à falência quer por falta de visão politica quer pela corrupção ! A banca comercial com a ganância do lucro fechou os olhos e continuou a sustentar aquela loucura até descobrirem o óbvio: Ia chegar o dia em que a teta secava como num qualquer esquema de pirâmide!
E agora depois de obrigarem a banca sem dinheiro a contabilizar como prejuízo o que lá enfiaram perdoando 70% da divida ainda querem o que ?
Ou obedecem ao cacete da Alemanha ou saltam fora do barco...o resto é conversa.
Ou queriam continua a ser sustentados pelos países one o rigor das contas públicas é regra e não excepção ?
A Grécia assim como cs PIGS têm potencial para dar a volta mas não podem é depois de ter desbaratado uma oportunidade única de reformar economicamente e industrialmente fazerem o papel de vítimas, era como um pai de família ter desbaratado o salário no jogo e culpar a Alemanha só porque a máquina do casino era da marca Siemens! Ah ..e o pior é que esse mesmo pai agora quer sacar o mealheiro dos filhos partilhando com eles as culpas pelo que aconteceu !
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
Re: Os gregos..grandes malucos...
JÁ CASTIGO SUFICIENTE
PM Grego toda a razão -> ISLANDIA ISLANDIA
Samaras: os alemães querem que falhemos
Apesar de duras, deselegantes, para não dizer que são quase uma declaração de guerra, estas palavras dizem mais sobre a desorientação da Europa do que dos Gregos, obrigando à pergunta que ultimamente repito vezes sem conta: porquê a pressão, para não dizer mesmo a chantagem, sobre a Grécia para esta eleger os partidos "Europeístas", se depois nos apressámos a tirar o tapete aos mesmos?

Quando o Syrisa ameaçava ganhar as eleições, pouco faltou para dizer que se estes ganhassem, a Grécia seria expulsa do Euro. Quando não ganharam, foi "audível" o suspiro de alívio, era a vitória da "Europa", e hoje,... afinal, para que foi tudo aquilo? Para negociar a saída da Grécia, não valeria tanto um partido como outro?

É óbvio que os Gregos não gostam dos Alemães, mas para tais palavras terem chegado ao discurso de um primeiro-ministro que é obrigado à diplomacia, é preciso que seja óbvio também a alternativa "não-insultuosa" dentro das palavras de Samara. Ou seja, os Alemães querem que a Grécia falhe! Isso não é óbvio?
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Re: Samaras: os alemães querem que falhemos
Independentemente do que a Grécia fez...
Sabemos que a Grécia chegou onde chegou por culpa própria, mas também com a ajuda de outros.

Mas o que anda a Europa a fazer para salvar a Grécia, obrigar a mesma a receber empréstimos para ver se acalmam os mercados, de maneira que a Alemanha continue a ter empréstimos a taxas negativas.
A Grécia tem de cortar, mas também tem de deixar a economia respirar, se não os cortes não vão valer de nada.

Os Alemães pensam que se vão continuar a safar, mas eu sempre disse que se a Europa começar a cair a Alemanha cai junto.
Não vai ser o PIB que os vai safar, a Moddy já ameaçou cortar o rating da Alemanha, deixem a Alemanha levar 3 cortes, as taxas de financiamento subirem, e vemos isso se refletir no défice da Alemanha.
E afinal a Alemanha deixa de ser autossuficiente.
Porque grande parte da sua auto-suficiência esta em controlar a Europa, receber empréstimos de taxas 0% ou mesmo negativas e emprestas a 4% e 5%.

Se a Europa (Alemanha) não muda de posição estamos no principio do fim.
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Re: Independentemente do que a Grécia fez...
Sem papas na lingua!
Palmas para o Governo Grego,sem mêdo de enfrentar a Alemanha da Sra Merkel.Ou julga o Louçã que só ele é que sabe falar alto e bom som?
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
Re: Sem papas na lingua!
SUCESSO ESTRONDOSO
«««Os alemães são estúpidos ou querem que falhemos»»»

António Samaras, primeiro-ministro grego e um dos responsáveis pela falência do seu país, afirmando que depois de um resgate de 110 mil milhões de euros, um perdão de 75% da dívida e de um segundo resgate de 130 mil milhões de euros, só mesmo gente muito estúpida é que consegue ser a maior economia da Europa e não acreditar que o sucesso estrondoso da Grécia está à vista.
Re: SUCESSO ESTRONDOSO
Re: SUCESSO ESTRONDOSO
Re: SUCESSO ESTRONDOSO
Passos Coelho subserviente a Merkel..........
Acatastrofe que alastra pela Europa com o aumento da pobreza e miséria, andamos a comentar noticias previamente orientadasque só mantêm esta situação preversa e a nada conduzem. Seria muito mais importante o debate de alternativas a este estado de coisas e não insistirmos no ridículo de manter o sistema de ditadura dos mercados defendida por politicos ao serviço de interessesque nada têm a ver com os cidadãos, mas sim com interesses transnacionais, para além dos deles próprios,que dominam a actividade economica e os meios de comunicação social. São predadores implacáveis e as presas são os cidadãos incautos. Subtraiem às populções para adicionar à Banca, perante a passividade dos inocentes. E o mais preocupante não é a acção dos maus, mas o silêncio dos bons. Assiste-se ao desmantelamento, dissolução, desintegração, e destruição das identidades nacionais e da própia civilização, únicamente por razões ideológicas ultra liberais. Assiste-se por outro lado ao definhamento da Cultura com o advento deste sistema. Está a ser corroida de forma larvar os fundamentos da Democracia, transformada em inimiga do povo e não como um poder dele emanado. Portanto é urgente resistir a este pensamento únicoque nosquerem impôr. Mas a primeira condição para modificar a realidade consiste em conhecê-la, bem como às possiveis alternativas. Mas é dificil, dado o assalto feito à comunicação social. Instalou-se em Portugal uma estranha Democracia, onde uma minoria tudo recebe e o povo tudo paga. ...
Re: Passos Coelho subserviente a Merkel..........
Tem toda a razão: são estúpidos
São estúpidos em suportar durante anos, o equivalente à Sicília mafiosa… com a Máfia no Poder. Com a diferença da Máfia que assume, e do poder político na Grécia, que não.

Então desde a entrada no Euro, foi o fartar vilanagem. De todos… porque não me passa pela cabeça considerar o povo grego estúpido (coisa de alemão). Os sindicatos apoiados pelos partidos de esquerda reivindicavam e o Poder político cedia. É o grande “segredo” grego: uma luta que culmina com a vitória para todos (os "Pirros", somos nós).

Os trabalhadores ganhavam muito acima do que a produtividade permitia; as empresas não pagavam impostos; e o Poder político ficava de mãos livres para roubar.

E como foi possível? É fácil: faziam de conta que eram “estúpidos”, ou seja, alemães. E como aldrabavam as contas, os mercados só desconfiavam… e internamente ninguém denunciava, porque todos comiam.

Sim, cortaram salários e o desemprego pipoca por tudo o que é sítio, mas alterações na estrutura do Estado… fica para a calendas “deles”. Assim não haverá o risco de afetar interesses: desde o arrendamento especulativo dos edifícios do Estado, à não privatização para que evitar a perda de tachos nas EP’s

Até hoje não se apuraram os responsáveis da previsão de 2 mil milhões das Olimpíadas, ter passado para 19 mil milhões, e anedotário dos “jardineiros”, não passam disso: anedotário. Mas são tantos os casos, que escrever a história da Grécia do euro, será escrever um livro de anedotas.
Re: Tem toda a razão: são estúpidos
In vino veritas

Quantos países estúpidos são necessários para a constituir a zona euro?
Os 12 fundadores e os 5 que se foram juntando.

Tanta estupidez junta só pode surpreender quem não conhece a história europeia, mesmo que seja pela rama e sem precisar de sair do século XX.
Estúpidos
Eles são estúpidos e querem que falhem, ou seja, são uma coisa porque querem a outra.
Samarras tem cuidado
olha que os estúpidos te cortam o piu.
Afinal foram eles que te elegeram.
O teu partido não merecia e tu também não.
A não ser que queiras provar o contrário.
Esta é uma novela,
melodramática o suficiente para ser considerada mexicana, se não fosse apenas muito grega e um monumental erro político e econômico pensado por alemães e franceses ... Rio Grande
Quem?!?!
Obviamente que os alemães são estupidos e os gregos inteligentes!!
Axiomas não se discutem...
O Samarras a falar...
O Samarras a falar parece o meu primo chico da Amareleja. Deve dinheiro a toda a gente lá na aldeia e diz em voz alta que não paga!
Querem que falhem...
... e têm todos a ganhar com isso pois devem estar todos a apostar na saída da Grécia!!! Há tantas formas de ganhar dinheiro com isso...
São estupidos.
São um povo egocêntrico,agressivo e prepotente.
Fizeram duas grandes guerras, e o povo é o mesmo.
NÃO LHES ADIANTA A COMPETÊNCIA E A TÉCNICA,POIS DÃO-LHE SUCESSIVAMENTE MAU USO...
(continuam a ter um espirito destrutivo,e sempre convencidos de que têm razão...)
Comentários 108 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub