14
Anterior
'Pega' entre Coentrão e Reina causa polémica
Seguinte
Bento: "Tristes mas com um orgulho tremendo por sermos portugueses"
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Desporto  >  Euro 2012  >   Ronaldo: "Dei o meu melhor, como sempre"

Ronaldo: "Dei o meu melhor, como sempre"

Capitão português não conseguiu marcar nem decidir com a Espanha mas destaca o sentimento misto de frustração e orgulho. "Podíamos ter chegado à final mas faltou sorte...", lamentou. Clique para visitar o dossiê Euro-2012
|
"Fizemos um Europeu muito bem conseguido", defende Ronaldo
"Fizemos um Europeu muito bem conseguido", defende Ronaldo / Yuri Kochetkov/EPA

Cristiano Ronaldo tentou tudo: correu, fintou, rematou. Não chegou a marcar no desempate por grandes penalidades porque Fàbregas 'fechou' a meia-final antes de chegar ao seu momento, mas conseguiu igualar Figo e Nuno Gomes como o jogador com mais encontros em fases finais do Euro. Faltou o resto...

Clique para aceder ao índice do dossiê Euro-2012

"Fizemos um Europeu muito bem conseguido. Acabámos entre as quatro melhores seleções mas não tivemos sorte com a Espanha. Os penáltis são mesmo assim...", referiu na zona mista, rematando: "Temos de estar orgulhosos. Ficámos frustrados... Podíamos ter chegado à final mas faltou sorte".

Do plano coletivo para o individual, mudam as palavras mas não a essência do discurso: "Dei o meu melhor, como sempre fiz. Estou satisfeito e todos temos de estar orgulhosos porque fizemos o que tínhamos a fazer. Conseguimos jogar bem e merecíamos estar na final.

Custódio e o novo polvo... Platini


As opiniões dos jogadores portugueses foram muito semelhantes: o desenlace injusto, o sentimento de frustração por ter 'morrido' à beira da praia, as hipóteses durante o tempo regulamentar para marcar, a lotaria das grandes penalidades, o orgulho nacional.

Diferente só mesmo Custódio, que deixou uma 'farpa' para Michel Platini, presidente da UEFA que queria uma final Espanha-Alemanha: "Parece que o futebol já acertou uma equipa, falta a outra. Qual polvo? Não tem a ver com animais, isto é no sentido figurado..."


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 14 Comentar
ordenar por:
mais votados
O melhor...para a selecção, como sempre.
Se fosse no Real, as bolas não tinham ido tantas vezes para a estratosfera...
fizemos um grande europeu
sim jogaram bem ..pena que quando enfrentamos mesmos os grandes nao consequimos ganhar foi assim contra a alemanha e espanha
Admirado
mais uma vez perdemos contra um grande de Europa.
No mínimo era de admitir que algo correu mal e pelo que vimos ontem o melhor ficou par o Real Madrid.

Tende cara de admitir que não fomos bons
Re: Admirado
Re: Admirado
Re: Admirado
"EMPATAS"
Quem diz que jogámos bem não percebe nada do mundo redondo.
Jogamos bem !!!! ou seja não deixámos os Espanhois jogar bem, isto nos 90 minutos.
Depois fica a gula do CR querer fazer tudo sózinho quando em vez de cruzar a bola numa bela oportunidade para dois colegas à drt optar por meia bola e força sem a miníma hipótese de acertar.
Marcou os livres sempre em força e sempre da mesma maneira. (devia tentar rasteiro plo menos uma vez e estou-me a lembrar de um livre que pouco mais era que um penalty.
Depois não se pode admitir falhar penalty´s a eito. Mas acontece a todos é certo.
E o Hugo Viana não entrou logo no prolongamento porquê? e o Quaresma? e que tem de especial o avançado do Benfica que coitado nem tocou na bola.
Enfim foi uma campanha bem conseguida mas sem rasgo e pouco chama ...O habitual.
Esperemos que agora se entusiasmem os Portugeses com uns atletas que vão andar pelos jogos olimpicos sem hoteis de luxo nem programas de hora a hora de cientistas do desporto na rádio e tv´s nem prémios chorudos por andarem a representar Portugal, esses sim ao melhor nível possível que para eles é pouco dadas as circunstãncias de o mundo redondo tudo levar, a tudo ter direito.
kácus
Re: ...
Re: ...
Re: ...
Re: ...
Re: ...
Re:
Re:
Comentários 14 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub