16 de abril de 2014 às 19:40
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Desporto  ⁄  Euro 2012  ⁄  Ronaldo: "Dei o meu melhor, como sempre"

Ronaldo: "Dei o meu melhor, como sempre"

Capitão português não conseguiu marcar nem decidir com a Espanha mas destaca o sentimento misto de frustração e orgulho. "Podíamos ter chegado à final mas faltou sorte...", lamentou. Clique para visitar o dossiê Euro-2012
Pedro Candeias, enviado ao Euro-2012
"Fizemos um Europeu muito bem conseguido", defende Ronaldo Yuri Kochetkov/EPA "Fizemos um Europeu muito bem conseguido", defende Ronaldo

Cristiano Ronaldo tentou tudo: correu, fintou, rematou. Não chegou a marcar no desempate por grandes penalidades porque Fàbregas 'fechou' a meia-final antes de chegar ao seu momento, mas conseguiu igualar Figo e Nuno Gomes como o jogador com mais encontros em fases finais do Euro. Faltou o resto...

Clique para aceder ao índice do dossiê Euro-2012

"Fizemos um Europeu muito bem conseguido. Acabámos entre as quatro melhores seleções mas não tivemos sorte com a Espanha. Os penáltis são mesmo assim...", referiu na zona mista, rematando: "Temos de estar orgulhosos. Ficámos frustrados... Podíamos ter chegado à final mas faltou sorte".

Do plano coletivo para o individual, mudam as palavras mas não a essência do discurso: "Dei o meu melhor, como sempre fiz. Estou satisfeito e todos temos de estar orgulhosos porque fizemos o que tínhamos a fazer. Conseguimos jogar bem e merecíamos estar na final.

Custódio e o novo polvo... Platini


As opiniões dos jogadores portugueses foram muito semelhantes: o desenlace injusto, o sentimento de frustração por ter 'morrido' à beira da praia, as hipóteses durante o tempo regulamentar para marcar, a lotaria das grandes penalidades, o orgulho nacional.

Diferente só mesmo Custódio, que deixou uma 'farpa' para Michel Platini, presidente da UEFA que queria uma final Espanha-Alemanha: "Parece que o futebol já acertou uma equipa, falta a outra. Qual polvo? Não tem a ver com animais, isto é no sentido figurado..."

Comentários 14 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
O melhor...para a selecção, como sempre.
Se fosse no Real, as bolas não tinham ido tantas vezes para a estratosfera...
fizemos um grande europeu
sim jogaram bem ..pena que quando enfrentamos mesmos os grandes nao consequimos ganhar foi assim contra a alemanha e espanha
Admirado
mais uma vez perdemos contra um grande de Europa.
No mínimo era de admitir que algo correu mal e pelo que vimos ontem o melhor ficou par o Real Madrid.

Tende cara de admitir que não fomos bons
Re: Admirado Ver comentário
Re: Admirado Ver comentário
Re: Admirado Ver comentário
"EMPATAS"
Quem diz que jogámos bem não percebe nada do mundo redondo.
Jogamos bem !!!! ou seja não deixámos os Espanhois jogar bem, isto nos 90 minutos.
Depois fica a gula do CR querer fazer tudo sózinho quando em vez de cruzar a bola numa bela oportunidade para dois colegas à drt optar por meia bola e força sem a miníma hipótese de acertar.
Marcou os livres sempre em força e sempre da mesma maneira. (devia tentar rasteiro plo menos uma vez e estou-me a lembrar de um livre que pouco mais era que um penalty.
Depois não se pode admitir falhar penalty´s a eito. Mas acontece a todos é certo.
E o Hugo Viana não entrou logo no prolongamento porquê? e o Quaresma? e que tem de especial o avançado do Benfica que coitado nem tocou na bola.
Enfim foi uma campanha bem conseguida mas sem rasgo e pouco chama ...O habitual.
Esperemos que agora se entusiasmem os Portugeses com uns atletas que vão andar pelos jogos olimpicos sem hoteis de luxo nem programas de hora a hora de cientistas do desporto na rádio e tv´s nem prémios chorudos por andarem a representar Portugal, esses sim ao melhor nível possível que para eles é pouco dadas as circunstãncias de o mundo redondo tudo levar, a tudo ter direito.
kácus
Re: ... Ver comentário
Re: ... Ver comentário
Re: ... Ver comentário
Re: ... Ver comentário
Re: ... Ver comentário
Re: Ver comentário
Re: Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub