23
Anterior
Romney chama "dependentes" do Estado aos eleitores de Obama
Seguinte
Mitt Romney não percebe porque as janelas dos aviões não podem ser abertas
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Eleições nos EUA 2012  >   Romney não acredita na paz no Médio-Oriente
COM VÍDEO

Romney não acredita na paz no Médio-Oriente

A opinião do candidato republicano sobre a paz ("impossível") entre palestinianos e israelitas surge um dia depois de Mitt Romney ter considerado o eleitorado de Barack Obama "dependente" do Estado.
«A ideia de pressionar os israelitas para darem algo em troca aos palestinianos é a pior ideia do mundo»
«A ideia de pressionar os israelitas para darem algo em troca aos palestinianos é a pior ideia do mundo» / Getty

Mitt Romney considera que os palestinianos "não têm absolutamente interesse algum" pela paz com Israel e se for eleito Presidente dos EUA não vai dar importância ao tema, segundo um vídeo divulgado ontem pela revista "Mother Jones". 

Estas declarações foram feitas durante um jantar de angariação de fundos do Partido Republicano e surgem um dia depois de ter sido revelado outro vídeo, feito no mesmo encontro, no qual o candidato republicano dizia que os apoiantes de Barack Obama são "47% de eleitores que acreditam ter direito à assistência médica, comida e casa".

"Não acho que os palestinianos queiram a paz (...), estão comprometidos, por razões políticas, com a destruição e a eliminação de Israel. Estes temas difíceis, praticamente, não têm solução", diz Mitt Romney, considerando que "o caminho para a paz é quase impensável".

O candidato republicano considera ainda que "a ideia de pressionar os israelitas para darem algo em troca aos palestinianos é a pior ideia do mundo". 

A solução do candidato republicano à presidência dos EUA passa por deixar que o assunto se resolva por si. "Temos de gerir as coisas da melhor maneira possível. Isto continuará a ser um problema sem solução e o melhor é esperar que finalmente, de um modo ou de outro, aconteça algo que o resolva."

 



Opinião


Multimédia

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 23 Comentar
ordenar por:
mais votados
Provavelmente tem razão =)
Provavelmente tem razão e assume-o sem problema.

Um dos problemas que se arrasta à infindáveis tempos e sem solução à vista.

Ou melhor, solução tem.

O que não tem é apoio de quem acha que tudo se deve dar a quem nunca nada fez e tudo o que faz é destruir.
Re: Provavelmente tem razão =)
Re: Provavelmente tem razão =)
Um idiota...
Simplesmente um idiota. Primeiro parte do "princípio fundamental" de que os palestinianos não querem a paz e estão decididos a ver Israel destruído. Isso não é verdade para a grande parte da população palestiniana. Aliás, a mesma mentira poderia ser feita em relação aos israelitas, se tomarmos a parte pelo todo, como se os ortodoxos judeus representassem a totalidade do país.

Depois está preocupado com as armas iranianas, mas nem uma palavra sobre o facto de os iranianos não terem atacado nenhum país até hoje. Pelo contrário, Israel já iniciou inúmeras guerras contra todos os seus vizinhos. Têm armas nucleares, recusam-se a assinar o tratado de não proliferação e recebem todo o tipo de armas de muitos países a começar pelos próprios Estados Unidos.

Por fim, quer Israel quer Palestina estão totalmente dependentes da ajuda internacional que recebem, em especial dos EUA. Isto significa que os EUA têm todo o poder para obrigar a mudar o comportamento de ambos. É só resistirem aos lobbies judaico americanos cujo comportamento é totalmente deplorável e lesivo aos interesses quer dos EUA quer de Israel.

oreivaivestido.blogspot.pt/2012/08/a-industria-do-holocausto.html

oreivaivestido.blogspot.pt/2012/07/o-lobi-de-israel.html
Re: Um idiota...
Re: Um idiota...
Re: Um idiota...
Re: Um idiota...
Paz
Felizmente, a paz não acredita no Romney.
Razão
Pode-se discutir se um homem na sua posição pode ou deve dizer o que disse.
Pode ser triste.
Mas lá que é verdade...
A não ser é claro que por uma questão de dimensão e nº algum dia os árabes consigam invadir o território israelita e aniquilar ou afugentar daí para fora os israelitas.
O dinheiro não é tudo...
Até na América, o dinheiro não é tudo, também é preciso dois dedos de testa...
Felizmente, digo eu.
este gajo é fundamentalista religioso
e como todos os fundamentalista religiosos é perigoso
lol
Parece o Passos Coelho, discurso sobre a europa é zero. As coisas resolvem-se por elas próprias.. a mão invisivel e tal..
Há solução sim senhor!
Terá razão. Pelo menos reconheça-se a veracidade nestas afirmações de Romney, mesmo que não se goste dele como é o meu caso e de muitos milhões neste conturbado e louco mundo. Mas ele pode resolver a situação caso seja eleito. Corte os US$ 40.0 bio anuais (penso que este ano até são mais) ao "estado" de israel e transfira-os para solucionar questões internas. Vai ver como resolve ou ajuda a resolver a situação.
Re: Há solução sim senhor!
...
Este homem não merece ser Presidente dos EUA ... O mundo vai ficar pior se for eleito ... olhando os discursos faz-me lembrar o Busch o ignorante ...
loool
este gajo é uma anedota... ahahah eu se fosse o obama, ficava quietinho no meu canto. este romney destroi tão bem a sua carreira politica e aspirações de chegar à casa branca, que ninguém, sequer, precisa de dar uma ajuda. eheheh
47% de eleitores que acreditam ter direito ...
«47% de eleitores que acreditam ter direito à assistência médica, comida e casa»
                                                                        Simpatizo com declaracyoes
                                                                                                  em busca da elucidacyao
                                                                                              q conduz aks verdades.

As democracias infestam-se de parasitas para q se ganhem eleicyoes. Esse eh um dos grandes problemas da nossa atual situacyao, temos demasiada gente convencida q sem fazer nada, o estatuto de ser humano lhe dah direito a casa, comida, saude, sem nada contribuir para isso.
                                                            A colaborar,
                                                                    para alem dos partidos,
                                                                  temos os nossos psicotecnicos
q colaboram, uns por ignorancia, outros por oportunismo, em bairros q se transformam em habitats de criminalidade.

                                                                                                Isto nao se pode falar,
                                                                                nao eh nem politica
                                                                                  nem socialmente correto.

Moro na periferia do famoso Bairro da Serra da Mira, o tal onde a policia vai de blindado e 200 agentes, viviamos em paz ateh ak construcyao do mesmo...

O candidato republicano
quando diz q se fosse mexicano ganharia mais facilmente as eleicyoes procurou amenizar a palavra negro, pq sendo negro, tudo seria mais facil! ...
Re: 47% de eleitores que acreditam ter direito ...
Re: 47% de eleitores que acreditam ter direito ...
Re: 47% de eleitores que acreditam ter direito ...
Re: 47% de eleitores que acreditam ter direito ...
pois !!!
nesta questão o homem até tem razão !!!
Comentários 23 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub