17 de abril de 2014 às 8:19
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Ricardo Salgado critica regras de intervenção na banca

Ricardo Salgado critica regras de intervenção na banca

Presidente do BES defende que o modelo de intervenção do Estado para a capitalização da banca não vai aumentar o grau de confiança dos mercados.
Lusa
Ricardo Salgado considera que "o intervencionismo não vai aumentar o grau de confiança" Miguel A. Lopes Ricardo Salgado considera que "o intervencionismo não vai aumentar o grau de confiança"

O presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, criticou hoje as regras do modelo de intervenção do Estado para a capitalização da banca, considerando que não vão aumentar o grau de confiança dos mercados.

"O intervencionismo não vai aumentar o grau de confiança, não vai contribuir para que o mercado português tenha acesso aos mercados mais rápido", afirmou Ricardo Salgado, durante a cerimónia de entrega dos prémios Exportação & Internacionalização, promovida pelo BES e pelo Jornal de Negócios.

O presidente do BES criticou o modelo que está em cima da mesa, afirmando que se prevê que a intervenção seja feita "através de ações ordinárias com direitos especiais, uma espécie de 'golden share'".

Comentários 15 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Frasquilho do PSD trabalha para o BES?
Parece que sim,mas não se faz.Chega de promiscuidade.
Re: Frasquilho do PSD trabalha para o BES? Ver comentário
Então Frasquilho não se arme em heroi na TV Ver comentário
Que leis temos?
Porque motivo os políticos podem exercer outra actividade no activo de deputado? Não é um contrasenso há honestidade.
Querem honestidade mas não dão o exemplo.
O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já
A verdade é mais tarde ou mais cedo é o que irá acontecer.
Foi feito no BPN, por razões especiais , mas a situação actual é bem mais problematica.

A crise que atravessamos é de origem diversa, mas tem a sua raiz nos mercados financeiros e na sua gula.

A mundo não falhou porque a economia real falhou, falhou porque os famosos iluminados gestores financeiros , falharam redondamente. A custa da sua "visão" liberal e "the sky is the limit" aqui estamos....esqueceram-se que "As arvores não crescem até ao Céu"

Bem e assim chegamos aos nossos banqueiros...que não souberam gerir o que tem e agora têm de pedir ajuda....ora o que é isso que não uma nacionalização ?

Não foi o português comum privado ou empresa que colocou os bancos na situação em que estão foi a famoso gestão do lucro facil que cria a bolha da divida.
Se estes srs não sabem gerir o negócio , o que é que fazem lá ?

Vejam lá se faz sentido... o estado português vai pedir 12MilM emprestados para ajudar os bancos....quem vai pagar os juros somos todos nós....e entretanto os bancos apresentam um lucro anual de (julgo) MilMilhoes.

Se os bancos não conseguem sobreviver sem a ajuda/intervenção do estado...porque é que não se Nacionalização Já ?

(Assim) que tivermos de fazer uma restruturação como a da Grecia... metade dos bancos vão mesmo a falência....por isso era melhor começar já
 
Os defensorees do mercado livre.... Ver comentário
Re: O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já Ver comentário
Re: O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já Ver comentário
Re: O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já Ver comentário
Re: O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já Ver comentário
Re: O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já Ver comentário
Re: O Estado devia nacionalizar todos os Bancos já Ver comentário
Aumentos de capital
atraves dos seus socios. Parem com a distribuicao de dividendos. E assim conseguem o dinheiro que precisam.

Nao tem que ser o Estado a ajudar. Isso e nas economoas Socialistas. E nos somos Liberais nao somos?

Ou seremos so hipocritas?
já na terra dos meus avós diziam...
..."quem desdenha, quer comprar". O homem não está a fazer mais do que a fazer uma negociação surda com o governo: sabe que precisa do apoio do Estado, mas não quer que por via disso o Estado controle a gestão dele ou a definição dos rendimentos do conselho de administração que ele preside. Nada mais que isso!!
Re: já na terra dos meus avós diziam... Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub