Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Leilões de penhoras já renderam 644 milhões de euros

Este ano, até ao final do mês de junho, leiloaram-se na plataforma criada pelo Ministério da Justiça bens no valor de 210 milhões de euros, correspondentes a 7716 leilões

Em pouco mais de dois anos, os leilões eletrónicos de penhoras dos tribunais já arrecadaram mais de 644 milhões de euros, avança o “Correio da Manhã” esta segunda-feira. Até ao momento, a venda mais lucrativa, 4,7 milhões de euros, foi de uma quinta apalaçada em Colares, Sintra.

Desde que começou a funcionar a plataforma criada pelo Ministério da Justiça e desenvolvida pela Ordem dos Solicitadores e Agentes de Execução (OSAE), já foram realizados 18 532 leilões. Em média, estes leilões têm rendido ao Estado 27 milhões de euros por mês.

Este ano, até ao final do mês de junho, leiloaram-se bens no valor de 210 milhões de euros, correspondentes a 7716 leilões. Segundo o matutino, é expectável que se ultrapasse a meta de 2017, ano em que se registaram 8911, ou seja, uma média de 24 leilões por dia. No ano passado, os leilões renderam cerca de 374 milhões.