Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Portugueses são donos de 14% da dívida do Estado

A saída de Portugal 
de uma situação de dívida acima de 100% só vai ser concretizada na próxima legislatura. Resta saber se será Mário Centeno a anunciar a proeza

Tiago Miranda

Em 2016 e 2017, os portugueses investiram cerca de 13,3 mil milhões de euros em dívida pública

Sem ser os cidadãos de Malta, na Europa, só os portugueses são donos de tanta dívida pública do seu próprio país. Nos últimos cinco anos, o valor aplicado pelos particulares no financiamento do Estado mais que triplicou para 34,5 mil milhões de euros, avança o “Diário de Notícias” esta segunda-feira. Em maio de 2013, por exemplo, o mesmo valor aplicado era de pouco mais de 11 mil milhões - ou seja, cerca de 5% da dívida direta do Estado.

De acordo com as contas do matutino, tendo por base dados da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), cerca de 14% da dívida direta do Estado estava, no final de maio, nas mãos das famílias portuguesas.

Em 2016 e 2017, os portugueses colocaram cerca de 13,3 mil milhões de euros em dívida pública. Segundo o “DN”, as famílias asseguraram desta forma 25% das necessidades de financiamento do Estado desses dois anos.

Já este ano, os portugueses continuam a dar um apoio positivo ao financiamento da República, mas a um ritmo menor. Nos primeiros cinco meses do ano investiram mil milhões de euros em instrumentos de poupança do Estado.