Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

CTT aumentam preços para o máximo permitido pela Anacom

Marcos Borga

Preços dos serviços dos CTT vão aumentar em média 4,5% a partir da próxima semana

A partir do dia 2 de abril, os preços dos serviços CTT, empresa liderada por Francisco Lacerda, vão subir em média 4,5%, o que corresponde ao aumento máximo permitida pela Anacom para o atual período regulatório, avança o “Público” esta terça-feira.

Segundo os parâmetros que fixados pela Anacom para o período entre 2015 e 2017 (mas que ainda incluiu este ano), a variação máxima dos preços regulados do cabaz de serviços de correspondências, correio editorial e encomendas que compõem o serviço universal, não pode ir além dos 4,5%.

O teto definido pela Anacom, lembremos, não obriga os CTT a atingir o limite. Em 2017, por exemplo, o aumento foi de 2,4%.

A atualização máxima dos preços coube à empresa liderada por Francisco Lacerda. “Sim, os CTT aplicaram [a atualização máxima], sendo a actualização prevista com base na fórmula de price cap [preço máximo] definida pela Anacom”, confirmou fonte dos CTT ao matutino.