Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Mais de metade das imobiliárias do país nasceu nos últimos dois anos

No ano passado, foram licenciadas 1385 novas mediadoras - o maior número de licenças a serem atribuídas alguma vez em Portugal

Eis um reflexo óbvio do boom do mercado imobiliário em Portugal: mais de metade das mediadoras a operar no país nasceram nos últimos dois anos; só em 2017 o número de empresas aumentou 30%, revela o “Diário de Notícias” esta sexta-feira.

No ano passado, foram licenciadas 1385 novas mediadoras - o maior número de licenças a serem atribuídas alguma vez em Portugal -, enquanto em 2016 tinham sido registadas 1060 empresas. De outro ponto de vista: em 2017 nasceram em média quase quatro imobiliárias por dia.

“Em dois anos registámos um crescimento nas vendas próximo dos 50%. E este aumento do negócio está a fomentar o nascimento de novas empresas. Quem diria há uns anos que isto aconteceria, parece impossível, nós sempre a falarmos de crise, de crise, e agora isto”, disse Luís Lima, presidente da APEMIP, Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal, ao “DN”.

Em dezembro de 2017 contabilizavam-se 5445 mediadoras em atividade em Portugal. Mais de metade (51,3%) nasceram entre 2016 e fevereiro de 2018.

Segundo o matutino, este ano o crescimento continua: só nos dois primeiros meses foram registadas 327 mediadoras, mais do que nos anos de 2011 e 2012 completos.