Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

OE2019. Governo não prevê aumentos para os funcionários públicos

NurPhoto

Segundo um membro do Governo, em declarações ao “Público”, “não haverá mais dinheiro” para que se abram os cordões à bolsa em 2019

Apesar de a discussão para o Orçamento de Estado de 2019 ainda estar distante, o Governo já terá uma certeza: vai ser impossível haver aumentos salariais para os funcionários públicos no próximo ano, garantiu um membro do Executivo de António Costa ao “Público” esta segunda-feira.

Segundo essa fonte, “não haverá mais dinheiro” para que se abram os cordões à bolsa. Mais: um aumento em 2019 não seria o desejável, tendo em conta que essa medida podia passar por uma estratégia semelhante à aplicada por José Sócrates em 2009.

“A memória de 2009 impede-o. José Sócrates aumentou função pública em ano eleitoral e em plena crise. Além de que seria visto como puro eleitoralismo”, disse a mesma fonte ao matutino.

De acordo com o “Público”, os funcionários públicos beneficiarão apenas da “concretização da fase seguinte do descongelamento das carreiras” no próximo ano.

A confirmar-se verdade, esta notícia não irá ser bem recebida pelos sindicatos da Função Pública nem pelo BE e PCP. O Governo tentará “satisfazer” os partidos da esquerda com reformas das carreiras não contributivas, descongelamento dos funcionários públicos, infraestruturas e saúde.