Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Portugueses começam a comprar lojas para transformar em casas

Lojas são em média 30% mais baratas do que um apartamento

O aumento de preços no mercado imobiliário está a obrigar os portugueses a serem cada vez mais criativos. Uma das últimas tendências, revela o “Diário de Notícias” esta sexta-feira, é a compra de lojas -–em média 30% mais baratas que um apartamento com os mesmos metros quadrados – e a sua conversão em casas.

A título de exemplo: “Espaço comercial duplex com 70 m2, com potencial para ser convertido em habitação”, refere um anúncio que propõe vender um espaço, no Beato, Lisboa, por 79 mil euros, nota o matutino.

Apesar da diferença de preços ser atrativa, a conversão de lojas em habitações carece sempre de autorizações legais – na maioria dos casos, um pedido de nova licença de utilização.

De acordo com o “DN”, este pedido tem de ser feito junto da respetiva câmara municipal, sendo desta a última palavra sobre se a antiga mercearia, escritório, café ou padaria reúne as condições para que a mudança da licença de utilização seja autorizada.

Segundo os últimos dados do Índice de Preços Residenciais do Confidencial Imobiliário, o preço de venda das casas começou a recuperar em 2014, tendo registado uma subida homóloga de 12,8% em 2017.