Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Detetadas 339 tentativas de fraude nos subsídios para vítimas dos fogos

Foto Nuno André Ferreira / Lusa

Houve, por exemplo, quem declarasse danos em construções que já se encontravam abandonadas ou em ruínas antes da ocorrência dos incêndios

Entre os 14 677 processos de candidatura a apoios dos agricultores afetados pelos incêndios de outubro do ano passado, o Ministério da Agricultura detetou 339 tentativas de fraude, avança o “Correio da Manhã” esta quarta-feira.

Segundo fonte do ministério, na maioria dos casos, estão em causa as candidaturas para quem sofreu prejuízos entre os mil e os cinco mil euros. Uma das situações mais comuns detectadas, por exemplo, foi a apresentação da mesma candidatura, para o mesmo terreno, por diferentes titulares e/ou a diferentes medidas.

Além disso, houve também quem declarasse danos em construções que já se encontravam abandonadas ou em ruínas antes da ocorrência dos incêndios e que registrasse danos superiores aos realmente sofridos.

Pelo que apurou o matutino junto de fonte do Ministério da Agricultura, todas as candidaturas que apresentaram discrepâncias de valores até 10% superiores aos montantes estabelecidos foram validadas. As que estavam num intervalo entre os 11% e 34% acima do valor determinado foram ajustadas para o preço real. Já as superiores a 35% foram rejeitadas pela tutela, escreve o “CM”.