Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Santa Casa e outras IPSS ficarão com 2% do Montepio

Luis Barra

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e outras instituições irão desembolsar 48 milhões de euros para adquirir uma participação de 2% da Caixa Económica Montepio Geral, avança o jornal online “Eco”

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e outras instituições particulares de solidariedade social (IPSS) irão pagar 48 milhões de euros para adquirir uma posição de 2% na Caixa Económica Montepio Geral, num negócio que, segundo o jornal online “Eco”, está praticamente fechado.

Entre os investidores estarão centenas de misericórdias de Norte a Sul do país que farão contribuições de diferentes montantes, para perfazer um total de 48 milhões de euros. Ao comprar 2% da caixa económica por esse valor, a transação deixa inalterada a avaliação existente do Montepio: 2,4 mil milhões de euros.

Nos últimos meses chegaram a estar em cima da mesa vários cenários para a entrada da Santa Casa no Montepio, incluindo a tomada de 10% do capital da caixa económica pelo valor de 200 milhões de euros (o que baixaria a avaliação da entidade para 2000 milhões) e a compra de 6% por 160 milhões de euros (o que subiria a avaliação do Montepio para quase 2,7 mil milhões).