Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Ensino Superior. Manuel Heitor admite recuar no corte de vagas das universidades de Lisboa e Porto

Alberto Frias

Segundo Manuel Heitor, ainda “não está tomada nenhuma medida” e a proposta feita na semana passada pretendeu apenas “provocar o debate”

Manuel Heitor, ministro da Ciência e Ensino Superior, retratou (e pode ter anunciado de forma informal o recuo do Governo), na terça-feira, no corte de 1100 vagas nas instituições de ensino superior públicas de Lisboa e do Porto.

Na audição parlamentar na Comissão de Educação e Ciência que se realizou ontem, o ministro disse tratar-se de uma “orientação”, cuja aplicação estaria “depende do debate”, revela o “Público” esta quarta-feira.

A medida, que foi apresentada pelo Governo como uma forma de levar os estudantes a estudar noutras regiões do país, recebeu muitas críticas na última semana – tanto de alunos como das universidades.

Segundo Manuel Heitor, ainda “não está tomada nenhuma medida” e a proposta feita na semana passada pretendeu apenas “provocar o debate”.