Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Processo “Marquês” está parado há três meses

José Sócrates foi primeiro-ministro entre 2005 e 2011

marcos borga

O super-juiz perguntou à Relação, há cerca de um mês, pelo estado do recurso interposto pela defesa de José Sócrates, mas não obteve nenhuma resposta

O recurso interposto pela defesa de José Sócrates contra o juiz Carlos Alexandre congelou o processo da Operação Marquês. Há três meses que este está parado, à espera de uma resposta do tribunal da relação, revela o “Correio da Manhã” esta segunda-feira.

Segundo o matutino, o super-juiz perguntou à Relação, há cerca de um mês, pelo estado daquele recurso e lembrou que não podia praticar qualquer ato e que até a fixação do prazo para a abertura de instrução estava pendente.

“Entendemos ser o momento de clarificar o nosso entendimento de que até o conhecimento da decisão do Tribunal da Relação de Lisboa sobre o recurso que aí pende desde 30/11/2017, não nos pronunciaremos sobre qualquer questão”, disse Carlos Alexandre.

A 26 de janeiro, o juiz solicitou que fosse informado do estado do processo. “Volvidos oito dias úteis nada lhe foi reportado”, disse.