Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Autoridade da Concorrência tem “sérias dúvidas” sobre compra da TVI pela Altice

Getty

Com a Media Capital na posse da Altice (que também é dona da MEO), a AdC prevê que possam surgir casos de recusa de disponibilização dos canais da TVI por outras operadoras

A compra da Media Capital pela Meo está a gerar “sérias dúvidas” à Autoridade da Concorrência (AdC), de acordo com a decisão preliminar da passagem a investigação aprofundada, a que o “Jornal de Negócios” teve acesso.

Para o regulador, esta operação “suscita sérias dúvidas” no que toca “à sua compatibilidade com o critério estabelecido no n.º 3 do artigo 41.º da Lei da Concorrência”. Por outras palavras: pode dar azo à criação de entraves significativos à concorrência no mercado nacional.

Segundo o documento, a AdC concluiu que não “resultam preocupações” concorrenciais da eventual operação; no que toca à relação vertical já não tem tantas certezas.

Com a Media Capital na posse da Altice (que também é dona da MEO), a AdC prevê que possam surgir casos de recusa de disponibilização dos canais da TVI por outras operadoras ou o aumento dos preços pela transmissão dos canais de Queluz.

“Existem indícios de que a entidade resultante da operação de concentração terá a capacidade e, provavelmente, o incentivo, para implementar uma estratégia de encerramento dos mercados retalhistas de televisão por subscrição e ‘multiple play’”, lê-se no documento em causa.