Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Os turistas que vieram para ficar: estrangeiros compraram um quarto das casas vendidas em 2017

Os bairros históricos de Lisboa são os mais procurados em reservas na Airbnb

GONÇALO ROSA DA SILVA

Ao todo, no ano passado, foram vendidas 152 mil habitações, mais 23 500 casas do que em 2016

Se ainda houvesse dúvidas que Portugal está na moda, que entrou para os guias turísticos mundiais, essa questão ficou esclarecida no ano passado. Cerca de 25% dos imóveis vendidos no país em 2017 foram adquiridos por cidadãos estrangeiros, conta o “Diário de Notícias” esta quinta-feira.

“Os estrangeiros já valem 25% do mercado, ou seja, um quarto das casas foram compradas por estrangeiros[em 2017]”, garantiu Luís Lima, presidente da APEMIP, a associação que representa os imobiliários e promotores, em declarações ao matutino.

Ao todo, no ano passado, foram vendidas 152 mil habitações, mais 23 500 casas do que em 2016 pelas imobiliárias e promotoras. “É um aumento dentro do que prevíamos e que permite antecipar que, neste ano, o imobiliário irá crescer novamente”, disse Luís Lima.

De fora das estatísticas da APEMIP estão as vendas que são feitas diretamente entre particulares: somado esse valor em falta, cerca de 30% do total do mercado, o número de habitações vendidas em 2017 deverá chegar aos 215 mil imóveis,