Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

IMI vai baixar em 52 concelhos em abril

Nuno Botelho

Das 61 autarquias que que fizeram alterações à taxa de IMI, 52 foram para baixar o imposto

Após ano de autárquicas, chega a bonança das promessas eleitorais: a partir de abril, o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) vai baixar em 52 conselhos nacionais, sendo que alguns destes já cobravam a taxa mais baixa deste imposto, escreve o “Diário de Notícias” esta segunda-feira.

As autarquias tinham até ao dia 31 de dezembro para comunicar ao Fisco a taxa de IMI que iam cobrar em 2018. Em 295 concelhos, 234 optaram por manter as taxas inalteradas, dado que a maioria já pratica o valor mínimo de 0,3% permitido pela lei.

Segundo o matutino, entre as 61 que fizeram alterações, 52 foram para baixar o imposto, contando-se apenas nove subidas.

Em alguns casos, o desagravamento fiscal sobre os proprietários de imóveis terá pouco no valor do IMI que vai ser pago a partir de abril. É o caso de Arruda dos Vinhos, onde a consulta dos dados disponíveis no Portal das Finanças permite constatar que a taxa deste concelho vai descer de 0,389% para 0,385% – uma poupança de três euros num imóvel avaliado em 85 mil euros.

Contudo, no caso de Celorico da Beira, a descida do IMI vai representar uma poupança significativa: se o imóvel estiver avaliado em 85 mil euros, em vez de 425 euros irá pagar 340 euros, de acordo com as contas do “DN”.