Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Governo conta gastar €89,2 milhões em viagens em 2018

José Carlos Carvalho

Em 2017, o Executivo de António Costa tinha previsto gastar 76,9 milhões de euros; no próximo ano, os custos com deslocações e estadas vão aumentar em 12,3 milhões de euros

Em 2018, o Governo irá gastar, ao que tudo indica, o valor mais alto dos últimos oito anos em viagens. As deslocações do pessoal dos serviços integrados e dos serviços e fundos autónomos dos ministérios e dos Encargos Gerais do Estado, nos quais estão incluídos a Presidência da República e o Parlamento, vão custar mais de 89,2 milhões de euros, o montante mais elevado desde 2010, avança o “Correio da Manhã” esta quarta-feira.

Por comparação com este ano, os encargos com as despesas de viagem vão aumentar 16% – a uma taxa de inflação prevista de 1,2%.

Em 2017, o Executivo de António Costa tinha previsto gastar 76,9 milhões de euros; no próximo ano, os custos com deslocações e estadas vão aumentar em 12,3 milhões de euros.

De acordo com a análise do matutino aos informativos dos Orçamentos do Estado desde 2010, as despesas com viagens têm, em 2018, o maior aumento dos últimos oito anos.

Os maiores aumentos da despesa ocorrem nos serviços integrados e nos serviços e fundos autónomos dos ministérios da Justiça (65,4%) e do Planeamento e das Infraestruturas (59,7%).