Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Salários até €925 poderão não pagar IRS

tiago miranda

Governo e PCP chegaram a acordo para valor mínimo a partir do qual os contribuintes pagam IRS, a ser incluído no OE 2018, noticia o “Jornal de Notícias”. Mas PCP quer levar o acordo ainda mais longe, alargando-o a todos os salários mensais brutos até €960

Com o próximo Orçamento de Estado para 2018 (OE 2018), quem ganha até €925 mensais brutos não terá de pagar IRS. A notícia é avançada pelo “Jornal de Notícias” (JN), que adianta que o valor resulta da subida do valor mínimo a partir do qual os contribuintes pagam imposto sobre o rendimento (IRS), acordada entre o PCP e o Governo.

Segundo o JN, o que está em causa é a decisão de aumentar o valor mínimo a partir do qual os contribuites pagam IRS de €8500 para €8850. E esta alteração, para aqueles que alcançarem o valor máximo de deduções específicas (€4100), conseguirá que rendimentos atá €12950 anuais (€925 mensais) não sejam tributados.

Apesar do acordo alcançado, o PCP quer ainda um maior alívio fiscal, alargando-o a todos os salários brutos até €960 por mês. Para o conseguir, terá de obter um acordo até ao final das reuniões para elaboração da proposta do OE 2018, que vai ser entregue na Assembleia da República na próxima sexta-feira, dia 13.

O alívio fiscal só deverá ter impacto em 2019, já que em 2018 os contribuintes deverão continuar a fazer as normais retenções na fonte de acordo com o seu escalão contributivo. Só depois da entrega às Finanças da declaração anual de 2018 é que poderá haver um acerto de contas, com a devolução daquilo que foi descontado ao longo do ano.