Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Fidelidade vende 277 imóveis para reforçar solidez financeira

Guo Guangchang, chairman da Fosun, dona da Fidelidade

Luis Barra

Dos 277 activos, 51% estão localizados em Lisboa, 12% no Porto

A seguradora Fidelidade, propriedade da Fosun, lançou uma operação de venda de 277 imóveis com o objectivo de reforçar o seu nível de solidez e reconfigurar o perfil do seu património imobiliário, avança o “Jornal de Negócios” esta terça-feira.

Dos 277 activos, 51% estão localizados em Lisboa, 12% no Porto e os restantes estão espalhados um pouco por todo o país; cerca de 70% dos activos tem uso residencial, muitos dos quais estão ainda em propriedade vertical.

“Os ganhos que registarmos com esta operação servirão para reforçar a solvência da companhia e investir em projectos mais concentrados”, disse Jorge Magalhães Correia, presidente da seguradora da Fosun, ao matutino.

A Fidelidade pretende aumentar o seu nível de solvência para a fasquia entre 150% e 160% - neste momento está em pouco mais de 140%. Desta forma, a seguradora poderá melhorar a sua capacidade de financiamento.

De acordo com a tabela de equiparação da EIOPA, Autoridade Europeia dos Seguros e Pensões Complementares de Reforma, a partir dos 150% de solvência as empresas seguradoras podem ser consideradas como tendo uma classificação de "rating" de BBB+, explica o “Negócios”.