Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Altice. CMVM pediu cópia do contrato de venda da Media Capital

Grupo francês Altice anunciou esta sexta-feira, em Lisboa, a aquisição da Media Capital, dona da TVI e Rádio Comercial

Foto Luís Barra

O pedido de consulta do contrato por parte supervisor do mercado de capitais trata-se de um procedimento de rotina

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) pediu à Altice, empresa de Patrick Drahi, uma cópia do contrato celebrado com a Prisa, dona da Media Capital, de forma a apurar se há necessidade de prestar informações adicionais ao mercado. Esta notícia é avançada pelo “Jornal de Negócios” esta segunda-feira.

A Altice, através da Meo, lançou uma oferta pública de aquisição obrigatória (OPA) para adquirir o capital disperso (cerca de 5%) da Media Capital, após ter firmado acordo com a Prisa para comprar a dona da TVI e da rádio comercial. Por cada ação, a Altice terá oferecido 2,5546 euros.

De acordo com o matutino, o pedido de consulta do contrato por parte supervisor do mercado de capitais trata-se de um procedimento de rotina.

Segundo o Código da CMVM, há duas formas de calcular o preço a oferecer pelas ações: este não pode ser inferior ao mais elevado pago pelo oferente (a Altice) pela aquisição de ações da visada nos seis meses anteriores à OPA ou à média ponderada dos últimos seis meses.