Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Américo Amorim processa o Estado em... 200 milhões de euros... por causa do BES

Américo Amorim

Tiago Miranda

Em julho de 2015, as mesmas duas sociedades de Américo Amorim já tinham movido uma ação que tinha o Novo Banco como réu

A Oil Investments BV e a Topbreach Holding BV, empresas de Américo Amorim com sede na Holanda, colocaram um processo contra o Estado português e o Banco de Portugal, conta o “Jornal de Negócios” esta quarta-feira. O valor do processo, que deu entrada no Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, é de 199.582.378,08 euros.

No processo não são avançadas justificações para esta acção. Contudo, ao que tudo aponta, este processo judicial deverá estar relacionado com a queda do Grupo Espírito Santo.

Em julho de 2015, as mesmas duas sociedades de Américo Amorim já tinham movido uma ação que tinha o Novo Banco como réu. O processo estava, à data, avaliado em 179,3 milhões de euros - valor que Amorim tinha investido em instrumentos de dívida da Espírito Santo Irmãos.

O matutino lembra que ao mesmo tempo que processava o Novo Banco, o accionista da Galp Energia também reclamava igual montante junto do Banco Espírito Santo.