Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

ANA aumenta taxas aeroportuárias para Lisboa e Porto em outubro

Getty

Segundo a ANA, o desfasamento da entrada em vigor do tarifário de 2017 criou desvios de receita face à sua proposta de mais de 1,7 milhões de euros no grupo de Lisboa, de 528 mil euros no Porto e de 288 mil euros em Faro

A Aeroportos de Portugal (ANA) vai aumentar as taxas aeroportuárias em Lisboa e Porto entre outubro e dezembro, avança o “Jornal de Negócios” esta segunda-feira.

De acordo com a gestora, este aumento deve-se a “desvios de receita relativos ao atraso na entrada em vigor das taxas reguladas de 2017” e a “erros de estimativa do tráfego anual de passageiros”.

Segundo a ANA, o desfasamento da entrada em vigor do tarifário de 2017, previsto ocorrer em janeiro, criou desvios de receita face à sua proposta de mais de 1,7 milhões de euros no grupo de Lisboa - que inclui os aeroportos de Lisboa, Açores, Madeira e Beja - , de 528 mil euros no Porto e de 288 mil euros em Faro.

Este atraso na implementação das novas taxas deveu-se, em grande parte, à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC): só no passado dia 1 de junho emitiu a decisão definitiva sobre a proposta de taxas aeroportuárias reguladas para 2017 apresentada pela ANA em novembro de 2016, lembra o “Negócios”.

A ANA irá promover a recuperação dos desvios mediante o aumento anual médio das taxas reguladas no aeroporto de Lisboa de 2,03% para 3,89% e no aeroporto do Porto de 1,36% para 1,99%.

Esta atualização das taxas irá refletir-se num aumento de 22 cêntimos em Lisboa, 11 cêntimos no Porto, 12 cêntimos em Faro e oito cêntimos nos Açores, ficando inalteradas as taxas na Madeira.