Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Bebé de 18 meses está desaparecido em Póvoa de Lanhoso. Buscas foram retomadas esta manhã

A família apercebeu-se do desaparecimento do menino ao início da noite de terça-feira e alertou as autoridades quando eram 21h58

Um bebé de 18 meses desapareceu na terça-feira à noite de casa em Serzedelo, Póvoa de Lanhoso, no distrito de Braga. Até ao momento, ainda não foi encontrado. Esta notícia é avançada por vários meios de comunicação nacionais esta quarta-feira e já foi confirmada pela Polícia Judiciária.

A família apercebeu-se do desaparecimento do menino ao início da noite e alertou as autoridades quando eram 21h58, disse o comandante dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, António Veloso, em declarações à “Renascença”.

“Recebemos um telefonema dos familiares, às 21h58, a dizer que havia uma criança desaparecida na freguesia de Serzedelo. Às 22h05, tínhamos a primeira equipa no terreno”, disse.

Segundo o relato do pai da criança, este tinha estado a brincar com o filho fora de casa, terá se ausentado “por um minuto e quando veio cá fora a criança já cá não estava”.

Os bombeiros e GNR montaram uma operação de buscas, numa área rural, com estradas muito estreitas. Neste momento, estão envolvidos nas buscas 27 operacionais dos bombeiros, apoiados por seis viaturas, 15 militares da GNR e cinco elementos da Polícia Judiciária.

Durante a noite, as buscas tiveram de ser interrompidas. Serão retomadas esta quarta-feira de manhã, disse uma fonte da Proteção Civil à agência Lusa.