Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Costa tinha férias marcadas para os primeiros dias de julho. E foi

Abhishek Chinnappa

Costa viverá as próximas semanas num ziguezague entre política e praia

Apesar de o país ainda estar a viver os impactos dos incêndios de Pedrógão Grande e muito estar por responder no caso do roubo de armamento em Tancos, António Costa foi de férias. Estes dias de descanso, na primeira quinzena de julho, já estavam marcados há algum tempo, conta o jornal “i” esta segunda-feira.

O primeiro-ministro tomará conhecimento da reunião do Conselho Superior de Defesa, que se reúne esta segunda-feira em clima de alta tensão contra o ministro Azeredo Lopes, e das ilações da reunião de Assunção Cristas com Marcelo Rebelo de Sousa, à distância.

Costa, na prática, viverá as próximas semanas num ziguezague entre política e praia.

Segundo o matutino, interromperá as suas férias e regressará a Portugal entre terça e sexta-feira. Após isso, voltará para o seu destino de férias – uma ilha espanhola, ao que tudo indica - até ao Debate sobre o Estado da Nação, marcado para o dia 12 de julho.