Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Estado lucrou €3,6 mil milhões com os CMEC

A venda da EDP a privados permitiu ao Estado português encaixar 9,7 mil milhões de euros

Entre 1997 e 2013, o Estado ganhou 3,6 mil milhões de euros com os Contratos de Aquisição de Energia (CAE) e os Custos de Manutenção de Equilíbrio Contratual (CMEC) estabelecidos com a EDP, conta o “Jornal de Notícias” esta segunda-feira.

Este valor resulta das avaliações feitas a estes contratos para definir o valor de mercado da empresa durante as várias ofertas públicas de venda (OPV) e vendas directas de capital da eléctrica, levadas desde 1997.

De acordo com dados a que o “Negócios” teve acesso, a venda da EDP a privados permitiu ao Estado português encaixar 9,7 mil milhões de euros – deste valor total, 37% é atribuível ao facto de existirem contratos de energia. Ou seja, os 3,6 mil milhões de euros que o Estado terá lucrado.

Em cada uma seis das fases de alienação da EDP a privados, as avaliações levaram em linha de conta a importância dos CAE e dos CMEC para a definição do preço de venda.