Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Eletricidade: PS mostra abertura ao regresso a tarifas reguladas

d.r.

PCP quer que consumidores que estão no mercado liberalizado da eletricidade possam escolher se querem regressar às tarifas reguladas, noticia o “Público”. PS mostra abertura para “consensos benéficos” que levem à “redução das tarifas para os consumidores”, mas não se compromete com a proposta comunista

O Partido Comunista Português (PCP) quer que os consumidores que estão no mercado liberalizado possam optar por regressar, se quiserem, à tarifa regulada, onde é possível “conter aumentos” e negociar reduções de preços. O projeto de lei foi debatido esta segunda-feira pelo PCP na Assembleia da República.

Com a legislação atual, se um consumidor quiser sair do mercado liberalizado para regressar ao regulado não o pode fazer. E é isto que o PCP, que diz contar com o apoio do PS, quer alterar, noticia o “Público”.

Já os socialistas dão uma resposta mais contida. O PS mostra abertura para consensos que levem à “redução das tarifas para os consumidores” e da “dívida tarifária”, mas não se compromete com a proposta comunista.