Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Entrada da Santa Casa de Lisboa no Montepio já está a ser preparada

Luí­s Barra

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa pode vir a adquirir uma participação de até 10% do Montepio

No domingo à noite, no seu espaço de comentário político habitual na SIC Notícias, Luís Marques Mendes disse que a entrada da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no capital do Montepio é “muito provável”. Segundo adianta o “Jornal de Negócios” esta manhã, já estão a ser feitas diligências, com a ajuda de consultores, para perceber como poderá ser feito um possível investimento na caixa económica e se o mesmo é favorável à entidade presidida por Pedro Santana Lopes.

De acordo com o ex-líder do PSD, está em cima da mesa a aquisição de uma participação de até 10%. Mais: o social-democrata diz que a concretizar-se este investimento, este poderá ser feito em conjunto com outras misericórdias.

Tal como o Expresso avançou no sábado, Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, já se reuniu com Santana Lopes e apresentou argumentos de “interesse nacional” para a entrada da Santa Casa no Montepio.

Fonte próxima do processo revelou que a pressão para a concretização deste negócio é “fortíssima” e vem “cada vez mais de cima”. Apesar de querer resistir à pressão do BdP, Santana Lopes está convencido de que não poderá adiar a decisão para além do final de julho.

Ainda na semana passada, Manuel Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas, assumiu, em entrevista ao “Dinheiro Vivo”, que o sector que representa deve “concentrar esforços para a economia social ter presença na actividade financeira”. Contudo, não revelou como é que tal será feito.