Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Número de idosos presos duplicou nos últimos sete anos

Nuno Botelho

Os reclusos mais velhos do país – um homem e uma mulher – têm, neste momento, 89 anos

Desde 2010 para 2016, o número de reclusos nos estabelecimentos prisionais portugueses com 60 anos ou mais duplicou: de 372 passou para 755. Em abril deste ano, o número já tinha subido para 770 presos, conta o “Jornal de Notícias” esta quarta-feira.

São, ao todo, 718 homens e 52 mulheres, num universo nacional de 13.915 reclusos.

Segundo o matutino, os reclusos mais velhos do país – um homem e uma mulher – têm, neste momento, 89 anos.

O problema do envelhecimento nas instituições prisionais começa a ser uma preocupação para a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), assume a própria organização ao “JN”. Trata-se de uma situação para a qual as prisões ainda não estão preparadas, principalmente ao nível dos cuidados de saúde, explica fonte da DGRSP.