Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Há 292 mil portugueses desempregados e sem acesso a qualquer tipo de subsídio

“Finalmente o desemprego está a baixar devido ao aumento do emprego em termos líquidos”

TIAGO MIRANDA

Em fevereiro, a Segurança Social pagava subsídio de desemprego a 218 182 portugueses – 43% do universo assinalado pelo Instituto Nacional de Estatística

A taxa de desemprego regressou a mínimos de 2009, o que são boas notícias para o Governo, mas ainda há muitos problemas por resolver. Mais de metade dos desempregados em Portugal – cerca 297 mil – não têm acesso a qualquer tipo de subsídio social, conta o “Diário de Notícias” esta sexta-feira.

Há dois meses o Instituto Nacional de Estatística (INE) dava conta da existência de 510,6 mil desempregados em Portugal. Em fevereiro, a Segurança Social pagava subsídio de desemprego a 218 182 pessoas - 43% do universo assinalado pelo INE.

Ao nível nacional, Porto e Lisboa são os distritos que têm o maior número de desempregados beneficiários de prestações de desemprego – com 42,5 mil e 42,4 mil, respetivamente.