Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Governo ainda não conseguiu garantir pré-escolar até aos quatro anos para todas as crianças

ANTÓNIO COTRIM / Lusa

Só na área metropolitana de Lisboa, 10% dos alunos até aos quatro anos não têm acesso ao pré-escolar

Estava previsto que este ano a universalização da oferta do pré-escolar até 4 anos de idade já estivesse implementada - era o que o Governo tinha prometido. Quando falta pouco menos de três meses para terminar o ano letivo ainda há muitas falhas no terreno: só na área metropolitana de Lisboa, 10% dos alunos até aos quatro anos não têm acesso ao pré-escolar, conta o “Diário de Notícias” esta segunda-feira.

Questionado pelo matutino, o Ministério da Educação não garantiu que o problema esteja resolvido no arranque do próximo ano letivo. “O que o Ministério pode garantir é que está a trabalhar para que a limitação na cobertura que neste momento existe ao nível dos 4 anos, na área da Grande Lisboa, seja significativamente mitigada”, disse o gabinete do ministro Tiago Brandão Rodrigues, numa resposta enviada ao “DN”.

Neste momento, segundo os dados da tutela, “a resposta às crianças de 5 anos está assegurada e relativamente às de 4 anos temos taxas de cobertura de perto de 100% nas regiões do Norte, Centro, Alentejo e Algarve e de cerca de 90% em Lisboa”.

De acordo com as estatísticas do INE, em 2012 nasceram 29 313 crianças na Área Metropolitana de Lisboa, e que estas teriam 4 anos de idade no arranque do presente ano letivo. Ou seja, estão em causa cerca de 3000 vagas para alunos a que não foi possível encontrar resposta.