Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Bancos vão poder deduzir perdas por imparidades no IRC

Marcos Borga

Governo quer avançar com modelo fiscal para que a banca possa abater ao IRC perdas por imparidade, avança o jornal de Negócios. Ao todo, poderão deduzir mais de €9 mil milhões em impostos diferidos

O Governo quer avançar com um modelo fiscal que permita à banca abater as perdas por imparidades no IRC registadas nos balanços do ano passado, que serão aceites por 75% do seu valor. A notícia está a ser avançada pelo Jornal de Negócios, que acrescenta que o valor deverá ser deduzido ao IRC de forma faseada, ao longo dos próximos 15 anos, para minimizar o impacto nas finanças públicas.

Segundo a proposta do Governo, os bancos poderão abater o total dos ativos por impostos diferidos registados até ao final do ano passado. O valor deverá ser superior a €9 mil milhões.

O objetivo é estabilizar o quadro fiscal das imparidades dos bancos.