Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Passos desafiou Teresa Morais a candidatar-se à presidência parlamentar

António Pedro Ferreira

O líder do PSD lançou o repto à vice-presidente para que se candidate ao cargo que será deixado vago por Luís Montenegro até ao último trimestre de 2017

Depois da escolha da vice-presidente do PSD Teresa Leal Coelho como candidata à Câmara de Lisboa, Pedro Passos Coelho terá desafiado, na semana passada, outra vice do partido, Teresa Morais, para se candidatar à presidência do grupo parlamentar do partido, segundo noticia o “i” esta quarta-feira.

O atual líder parlamentar Luís Montenegro tem de abandonar o cargo até ao último trimestre deste ano, pois cumpre o limite de três mandatos.

Ãté aqui, Luís Marques Guedes e Marco António Costa surgiam como possíveis substitutos, aos quais se junta agora também a possibilidade de Teresa Morais. Ainda segundo o “i”, o seu nome já fora ponderado para o cargo quando Passos ainda quando era primeiro-ministro.

Professora universitária e jurista, a atual deputada social-democrata surgiu como ministra da Igualdade no Governo que durou apenas 28 dias até o Bloco de Esquerda e PCP terem viabilizado o atual executivo socialista.