Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Fatura do IMI chega em abril. Comércio e serviços vão pagar mais

FOTO JOÃO CARLOS SANTOS

O Orçamento do Estado para 2016 estabeleceu que prédios industriais, comerciais e de serviços vão ter uma atualização do seu valor patrimonial tributário de 2,25%

Nas próximas semanas, a fatura do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) relativo a 2016 vai começar a chegar à caixa de correio dos portugueses. Segundo o “Jornal de Negócios” esta segunda-feira, donos de prédios industriais, comerciais e de serviços deverão contar com uma atualização extraordinária.

O matutino lembra que este aumento de custos surge como consequência do Orçamento do Estado (OE) para 2016 que estabeleceu que estes imóveis deveriam ser alvo de uma atualização do seu valor patrimonial tributário (VPT) de 2,25%.

Ao contrário do que acontecia em anos anteriores, quando os VPT eram atualizados anualmente, com a nova lei o valor dos imóveis vai passar também a ser revisto trienalmente com base nos coeficientes de desvalorização da moeda.

O “Negócios” questionou o Ministério das Finanças sobre o número de prédios abrangidos por esta actualização extraordinária e qual a receita adicional de IMI esperada, mas não obteve resposta.