Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Metro do Porto ganha mais seis quilómetros

Três meses depois do início das reuniões entre os representantes do Metro do Porto/STCP e do consórcio catalão, ainda está longe de surgir a luz ao fundo do túnel negocial

Sérgio Granadeiro

A Invicta terá uma nova linha de metropolitano, que ligará São Bento à Casa da Música. Vão nascer também estações nos dois maiores centros hospitalares da região: Santo António, no Porto, e Santos Silva, em Gaia

Entre 2018 e 2021, a rede do metro do Porto (que também liga a Gaia) vai ganhar mais seis quilómetros. No Porto, surgirá a linha rosa, que irá de São Bento até à Casa da Música. Vão nascer também estações nos dois maiores centros hospitalares da região: Santo António, no Porto, e Santos Silva, em Gaia, conta o “Jornal de Notícias” esta terça-feira.

No município vizinho ao de Rui Moreira, a linha amarela vai ser expandida até à urbanização de Vila d'Este. As expectativas da autarquia do Porto apontam para que estas duas novas linhas passem a servir 30 mil pessoas por dia.

Caso a proposta do conselho de administração do metro do Porto seja aceite esta terça-feira, o concurso público para a construção deverá ser lançado no final do primeiro semestre de 2018, apontando-se o arranque das obras para 2019. O investimento total, segundo o matutino, deverá rondar os 278 milhões de euros.

A possibilidade de a expansão da rede do Metro do Porto avançar surgiu em abril do ano passado, quando o ministro do Planeamento e das Infraestruturas Pedro Marques garantiu 400 milhões de euros de investimento para a ampliação deste meio de transporte público em Lisboa e no Porto.