Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

PSD arrecadou 8000 novas filiações desde as eleições legislativas

António Pedro Santos / Lusa

Os sociais-democratas registaram um total de 8144 adesões, um número superior ao de PS, CDS e BE juntos

Desde as eleições legislativas de outubro de 2015, o PSD foi o partido que mais novos militantes conseguiu atrair, conta o “Diário de Notícias” esta segunda-feira. Os sociais-democratas registaram um total de 8144 adesões, um número superior ao de PS, CDS e Bloco de Esquerda juntos.

O PS, apesar de ser o partido do Governo, não parece beneficiar desse facto, registando apenas 3019 adesões, menos de metade das do partido de Passos Coelho. Logo a seguir, aparece o CDS com 2910 adesões e depois o BE, com 1693 adesões.

Segundo o matutino, o PCP apenas quantifica os seus militantes num período de quatro anos – entre congressos –, pelo que não é possível uma comparação temporal objetiva. O PEV, por sua vez, não enviou dados em tempo útil de publicação e o PAN apenas pode indicar o número total atual de militantes: "mais de um milhar de filiados".

Das 8144 adesões que o PSD registou, 4592 são de homens e 3552 de mulheres. E 4754 foram de jovens, com idades entre os 18 e os 30 anos.

Já o PS conseguiu a adesão de 1775 homens e 1244 mulheres. Do total de 3019 novos militantes socialistas, 707 têm até 30 anos, 1366 estão no intervalo dos 31 aos 50 anos, 657 dos 51 aos 64 anos e 289 com 65 anos ou mais.