Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Atrasos no atendimento do INEM obrigam Governo a criar grupo de trabalho

O grupo de trabalho vai ser constituído por dirigentes do INEM, representantes da Ordem dos Médicos e da sociedade civil, e terá até 31 de março para preparar um relatório e apontar soluções

O Governo vai criar um grupo de trabalho para lidar com o problema do aumento do tempo de resposta às chamadas de emergência feitas para os Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), avança o “Jornal de Notícias”. O matutino adianta que ainda esta sexta-feira vai ser publicado em “Diário da República” o despacho de formação deste grupo.

Segundo o matutino, o grupo vai ser constituído por dirigentes do Instituto Nacion al de Emergência Médica (INEM), representantes da Ordem dos Médicos e da sociedade civil. Até 31 de março, os responsáveis vão tentar identificar os problemas e apresentar possíveis soluções que melhorem não só a resposta dada às populações, como o próprio funcionamento dos CODU.

O grupo terá que elaborar “um diagnóstico sobre os actuais constrangimentos com impacto na resposta ao CODU” para poder “propor alterações ao atual modelo de funcionamento dos CODU que melhorem a eficiência, a eficácia e a qualidade do serviço prestado”, lê-se do despacho do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, a que o “JN” teve acesso,

Contactada pelo “JN”, a Comissão de Trabalhadores do INEM disse aprovar a criação deste grupo de trabalho e ver nesta medida um possível reforço dos recursos humanos para os CODU.