Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Pedro Dias terá escrito cartas à família onde assume autoria de crimes

Nas cartas encontradas pela Polícia Judiciária, Pedro Dias pede desculpa à família pelas suas ações e confessa autoria dos crimes de Aguiar da Beira

A Polícia Judiciária encontrou cartas de Pedro Dias dirigidas à família em que o alegado autor dos crimes de Aguiar da Beira assume a autoria das mortes e pede desculpa pelo que fez, conta o jornal “i” esta terça-feira.

Este material já terá sido enviado para o Laboratório de Polícia Criminal com o objetivo de ser analisada a caligrafia, assim como o ADN, de maneira a confirmar a autoria das mesmas. A PJ encontrou ainda folhas em branco com a assinatura de Pedro Dias; suspeita-se que estas tenham sido feitas com o intuito de acautelar a transferência de bens.

De acordo com o matutino, a PJ acredita agora saber também o porquê da reação violenta de Pedro Dias quando foi apanhado em flagrante a roubar cobre numa obra em Aguiar da Beira, acabando por matar um militar da Guarda Nacional Republicana.

O motivo será um crime cometido em 2010, em Leiria, em que Pedro Dias também terá disparado sobre agentes daquela força policial; na época, nunca se descobriu a identidade do atirador. O “i” diz que os invólucros recolhidos nessa altura serão iguais aos encontrados em outubro do ano passado em Aguiar da Beira.

Pedro Dias é suspeito de dois homicídios de três tentativas de assassinato e aguarda julgamento.