Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Lisboa ganha mais duas estações de metro em 2021

MIGUEL RIOPA/AFP/Getty

A rede do metropolitano de Lisboa vai ganhar mais duas estações: uma na Estrela e outra em Santos. A obra irá custar ao todo cerca de 215 milhões de euros

Até 2021, a rede de metro de Lisboa vai ganhar mais duas estações: uma na Estrela e outra em Santos, avança o “Público” esta quinta-feira. Esta obra irá custar ao todo cerca de 215 milhões de euros.

O ministro do Ambiente confirmou ao “Público” que a decisão sobre Lisboa já está tomada, depois de vários meses de análises técnicas e de viabilidade financeira; neste momento, falta apenas o estudo de impacto ambiental. Já no Porto, a expansão da rede ainda está a ser consensualizada com os municípios, embora já haja uma base de trabalho que aponta para a necessidade de um investimento que pode chegar a 270 milhões de euros.

Para Lisboa, estiveram em cima da mesa duas opções: o prolongamento da linha amarela até ao Cais do Sodré ou da linha vermelha até Alcântara. Foi escolhida a primeira opção por “já haver a absoluta convicção sobre a sua forma de financiamento”, diz Matos Fernandes ao matutino

“Se no domínio dos estudos da procura, as duas soluções tinham resultados semelhantes, a linha amarela tem uma característica que consideramos muito importante. A rede de metro deve ser sempre pensada num contexto mais alargado de mobilidade e sentimos hoje que o principal problema nos transportes em Lisboa é a inexistência de uma ligação direta do rio ao eixo central. Com este anel circular, esse problema deixa de existir”, diz o governante.